Diário da Região

05/12/2009 - 00h16min

Copa do Mundo

Dunga esquenta o clima e procova os portugueses

Copa do Mundo

AP O auxiliar Jorginho (esq.) e Dunga chegam para acompanhar o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul
O auxiliar Jorginho (esq.) e Dunga chegam para acompanhar o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul

O grupo do Brasil não é fácil, mas também não é tão difícil. A análise é do técnico Dunga, para quem o fato de a Seleção enfrentar adversários como Costa do Marfim e Portugal, equipes que define como “boas”, tem a vantagem de obrigar os jogadores a se manterem alertas. “Evita a euforia”, afirmou o comandante brasileiro, após acompanhar o sorteio ontem, na Cidade do Cabo.


Portugal, na teoria, será o adversário mais difícil, na terceira rodada, em Durban, no dia 25 de junho. Mas Dunga já começou a “esquentar o clima” para o duelo. Disse ontem que vai ser Brasil A contra o Brasil B, numa referência ao fato de os portugueses terem na equipe Deco, Pepe e Liédson. O técnico Carlos Queiroz não gostou do comentário. “Bom, então temos de ver que na Seleção Brasileira há vários netos e bisnetos de portugueses”, rebateu.


Dunga respeita Portugal, apesar da irregularidade que os europeus vêm mostrando nos últimos meses. E alerta para o fato de a partida reunir dos dois melhores jogadores da atualidade, Kaká e Cristiano Ronaldo. “Aqueles 6 a 2 do amistoso (em novembro de 2008) fazem parte do passado. Portugal é um time difícil. E o jogo da Copa vai reunir os melhores do mundo”, disse.


Fiel ao estilo de não desprezar nenhum adversário, Dunga fez elogios até a Coreia do Norte, o desconhecido (não para ele, garante) adversário da estreia, em 15 de junho, em Johannesburgo “Se eles chegaram à Copa é porque têm méritos. É um time veloz”, afirmou. A Costa do Marfim, que o Brasil enfrenta no dia 20 de junho, também em Johannesburgo, preocupa Dunga por causa da experiência de vários de seus jogadores, que atuam no futebol europeu. “É uma seleção forte, com bons jogadores.”


Insistindo sempre no equilíbrio das chaves, Dunga só viu uma seleção favorita que, na sua visão, terá grande facilidade. “O grupo da Espanha é muito fácil”, analisou. Os espanhóis vão enfrentar Suíça, Honduras e Chile. É o Grupo H, de onde sairão os adversários das seleções do G, do Brasil, nas oitavas de final.


O Brasil deve ficar em Johannesburgo ou em Pretória durante a Copa. O local da concentração vai ser definido nos próximos dias, mas o fato de a Seleção poder realizar até quatro partidas em Johannesburgo (as duas primeiras; a de oitavas de final, se ficar em 1º no grupo; e a decisão, se chegar até lá) torna a região favorita a receber os Brasileiros.


Rival relembra Copa de 66


O técnico da seleção portuguesa, Carlos Queiroz, lembrou-se da Copa de 1966, quando Portugal enfrentou venceu o Brasil por 3 a 1. “Nesse grupo, só faltam Pelé, Eusébio e a Hungria. Vamos reviver 1966”, disse o técnico português. Ele admitiu preocupação com o grupo. “Espero que consigamos decidir apenas quem é primeiro ou segundo”, afirmou. “Será um grupo difícil para todos. O Brasil é o favorito, mas vamos disputar a primeira posição.”


Para Carlos Alberto Parreira, o grupo da sua seleção, a África do Sul, ficou complicado, com México, Uruguai e França. Apesar do baque - que atingiu até a atriz sul-africana Charlize Theron, apresentadora do sorteio -, Parreira não quis ser pessimista. “Talvez a nossa seja a mais difícil, porque tem dois campeões mundiais (Uruguai e França). Mas não há nenhum grupo da morte”, afirmou.


Enquanto isso, os argentinos comemoraram. Maradona foi impedido pela Fifa de participar do sorteio, mas o dirigente Carlos Bilardo, que participou da cerimônia, falou que a chave é relativamente fácil, com Nigéria, Coreia do Sul e Grécia. “Argentina já começa nas oitavas”, exagerou o site do jornal argentino Olé.


Esportistas da região acham a chave fácil


Dirigentes e treinadores das equipes da região acreditam que o Brasil não terá grandes dificuldades em passar da primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul. Pelo sorteio realizado ontem, na primeira parte de sua caminhada, o time do técnico Dunga terá pela frente Coreia do Norte, Costa do Marfim, além de Portugal na última rodada. “Portugal pode incomodar um pouco e a Coreia do Norte pelo vigor físico”, avaliou o técnico Pintado, do Mirassol. “Os portugueses tiveram dificuldades para se classificar para Copa, e Coreia e Costa do Marfim, com todo respeito, são seleções sem tradição em mundiais”, emendou o presidente do Leão da Araraquarense, Edson Antônio Ermenegildo.


Numa projeção do caminho brasileiro até a final da Copa ainda podem aparecer Espanha, Itália e Holanda. Na decisão, estão no páreo França, Argentina, Inglaterra e Alemanha. “Time que quer ser campeão não pode escolher adversário. Quanto mais difícil, mais se valoriza a conquista”, disse o presidente do América, Alcides Zanirato. “Os espanhóis têm a melhor seleção da Europa no momento, mas sempre são pseudos favoritos, pois nunca conseguem consolidar isso.


Itália tem como diferencial o padrão tático, é um time que cresce na reta final. Mas, o Brasil sempre é favorito”, afirmou o técnico Cândido Farias, do Catanduvense. O técnico Márcio Ribeiro e o presidente Vergílio Dalla Pria Netto, ambos do Rio Preto, e o técnico Play Freitas, do América, não atenderam as ligações do Diário para comentar o assunto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso