Diário da Região

14/05/2011 - 01h13min

Na corda bamba

Diretoria do São Paulo ainda segura técnico

Na corda bamba

João Neto/Vipcomm Carpegiani foi avisado que deve se reapresentar ao SP na segunda
Carpegiani foi avisado que deve se reapresentar ao SP na segunda

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, resolveu demitir o técnico Paulo César Carpegiani e pretendia comunicá-lo pelo telefone ainda ontem. O problema é que o dirigente queria contratar antes um substituto.


Não conseguiu. Então, depois de se reunir com o vice-presidente Carlos Augusto de Barros e Silva e com o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes, ele pediu que o treinador se reapresente na segunda-feira no CT são-paulino. Tudo para ganhar tempo. A decisão de Juvenal não garante Carpegiani no cargo. Pelo contrário. Nas alamedas do Morumbi, o comentário é de que a demissão do treinador é apenas uma questão de tempo.


E que ele pode ser demitido assim que aparecer para trabalhar na segunda-feira. A direção do clube já trabalha com três nomes. E agora tenta viabilizá-los. O preferido de Juvenal Juvêncio é Cuca, do Cruzeiro. O presidente torce para o técnico perder o título mineiro amanhã, na final contra o Atlético-MG, e, quem sabe, ser demitido, ficando livre para voltar ao comando do São Paulo, que dirigiu em 2004.


Em outubro de 2010, antes de contratar Carpegiani, Juvenal havia fechado com Cuca, mas o Cruzeiro não aceitou liberá-lo porque estava na briga pelo título do Brasileirão com Corinthians e Fluminense. Ou seja, o salário não será problema. O único empecilho para o retorno de Cuca é sua relação não muito amistosa com Rogério Ceni. O treinador crê que foi demitido em 2004 por influência do goleiro. Os dirigentes defendem que isso está superado.


Dorival Júnior, rival de Cuca na decisão do Campeonato Mineiro, é outro nome na lista do São Paulo. A verdade é que os dirigentes se arrependeram de não tê-lo contratado quando deixou o Santos no ano passado. Na época, Juvenal apostou em Sérgio Baresi, o que acabou não dando certo.


Neste caso, o problema é o presidente do Atlético-MG. A direção do clube mineiro não faz qualquer menção de que pode demitir Dorival Júnior em caso de derrota na final para o Cruzeiro. E para tirá-lo de lá, o São Paulo teria de gastar mais do que gasta atualmente com Carpegiani, cerca de R$ 300 mil mensais. Correndo por fora está Ney Franco. Mas o treinador, coordenador das seleções de base, já deixou claro que não pretende abandonar seu cargo na CBF.


Lei do futebol


Na chegada da delegação do São Paulo, ontem, no aeroporto de Congonhas, Juvenal já deixou claro qual seria sua posição em relação ao treinador. Ele analisava o mercado de treinadores. “Os bons técnicos estão empregados. É assim mesmo. Mas é claro que existe a possibilidade de o São Paulo ir atrás de um técnico empregado. Esta é a lei do futebol, e eu não sou diferente”, afirmou o presidente, esquecendo que, naquele momento, Carpegiani era o treinador. O presidente descarta contratar algum treinador que está livre no mercado. Entre eles estão Celso Roth e Joel Santana.


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso