X
X

Diário da Região

30/04/2014 - 23h03min

São Paulo

Cruzeiro bate Cerro no Paraguai e avança na Libertadores

São Paulo


O Cruzeiro conquistou nesta quarta-feira uma emocionante classificação para as quartas de final da Copa Libertadores superando várias adversidades. Atuando fora de casa, o time derrotou o Cerro Porteño por 2 a 0, no Estádio General Pablo Rojas, em Assunção, tendo marcado o seu primeiro logo após ter o zagueiro Bruno Rodrigo expulso, com Dedé. Depois, nos descontos, Dagoberto selou de vez a classificação ao marcar o segundo gol da equipe.

Assim, o time mineiro avançou mesmo após ter apenas empatado com o Cerro por 1 a 1, em casa, no Mineirão, numa partida em que só conseguiu igualar o placar no último lance, com o gol marcado pelo paraguaio Samudio. Dessa vez, o heróis cruzeirenses foram o zagueiro Dedé e o atacante Dagoberto, que iniciou o duelo no banco de reservas.

Com essa classificação, o Cruzeiro repetiu o roteiro da fase de grupos da Libertadores, quando esteve próximo de ser eliminado, mas acabou avançando com uma vitória na rodada final da sua chave, também como visitante, daquela vez diante da Universidad de Chile.

O JOGO - Nesta quarta-feira, o Cruzeiro encontrou dificuldades para conter a velocidade dos irmãos Angel e Oscar Romero, especialmente no primeiro tempo, mas evitou ser vazado e conseguiu garantir a sua classificação em um momento de adversidade, quando o Cerro Porteño tinha um jogador a mais em campo - depois, o time paraguaio teve dois expulsos, mas apenas um deles estava em campo. No final, ainda aproveitou o nervosismo do adversário para ampliar o marcador.

Cerro Porteño e Cruzeiro começaram a partida desta quarta-feira em ritmo forte, tanto que criaram chances de gols nos momentos iniciais do jogo. A primeira delas foi com Julio Baptista, mas a mais perigosa acabou sendo do time paraguaio, aos dois minutos, quando Oscar Romero cruzou para Guiza, que cabeceou por cima da meta defendida por Fábio.

O time da casa, então, passou a sobressair com a individualidade dos irmãos Oscar e Angel Romero, que aplicou dribles desconcertantes sobre Bruno Rodrigo, Dedé e Lucas Silva em diferentes lances. Depois de um deles, aos oito minutos, ele passou para Corujo, que bateu firme de dentro da grande área, obrigando Fábio a realizar bela defesa.

Com o controle do jogo, o Cerro Porteño desperdiçava várias oportunidades de gol. Aos 17 minutos, Bonet cruzou para Angel Romero, que bateu da primeira e acertou o travessão cruzeirense. Os irmãos Romero, aliás, sobressaíam diante dos zagueiros cruzeirenses, tanto que Dedé e Bruno Rodrigo foram advertidos com o cartão amarelo praticamente em sequência.

Acuado, o Cruzeiro só conseguiu responder aos 33 minutos, quando Henrique lançou Everton Ribeiro na entrada da área. O meia chutou forte, mas a bola acabou indo para fora. O lance, aliás, representou uma mudança de panorama na partida, pois o time mineiro conseguiu equilibrar o restante da etapa inicial.

O começo do segundo tempo também foi mais igual, pois o Cruzeiro conseguiu ficar por mais tempo com a posse de bola no campo de ataque. Mas a primeira chance clara foi do Cerro, aos nove minutos, com um chute de longe de Guiza, defendido por Fábio. A resposta do Cruzeiro foi praticamente imediata. Aos 12 minutos, Everton Ribeiro acionou Júlio Baptista na grande área. Ele finalizou para a defesa de Fernández.

Com o Cruzeiro sendo eliminado, o técnico Marcelo Oliveira promoveu as entradas de Dagoberto e Borges. E o time passou a se expor mais aos contra-ataques do Cerro. Em um deles, aos 25 minutos, Guiza finalizou rasteiro e a bola passou rente à trave direita do time mineiro.

A situação do Cruzeiro pareceu se complicar aos 32 minutos, quando o zagueiro Bruno Rodrigo foi expulso após cometer falta em Beltran. Mas logo depois, aos 34 minutos, o time mineiro abriu o placar da partida. Everton Ribeiro cobrou falta da intermediária e Dedé cabeceou para as redes, com a bola encobrindo o goleiro Fernández.

O gol enervou o Cerro Porteño, que teve Corujo expulso por chutar Dagoberto, e também Guiza, que já havia sido substituído, por reclamação. O time ainda tentou empatar o jogo e levar a definição da vaga para as quartas de final da Libertadores nos pênaltis, mas não teve sucesso.

A sua grande chance surgiu aos 47 minutos, quando Gamarra recebeu passe na grande área e chutou para fora. No contra-ataque, então, Dagoberto aproveitou vacilo da defesa do Cerro e chutou rasteiro para fazer 2 a 0, aos 48 minutos. Assim, o Cruzeiro avançou no torneio continental, mais uma vez fora de casa e com muita emoção.

OUTRO JOGO - Também nesta quarta-feira, o Arsenal, da Argentina, se classificou às quartas de final ao derrotar o Union Española, no Chile, por 1 a 0. Seu adversário será o Nacional, com a primeira partida sendo disputada no Paraguai.


FICHA TÉCNICA

CERRO PORTEÑO 0 x 2 CRUZEIRO

CERRO PORTEÑO - Roberto Fernández; Carlos Bonet, Luis Cardozo, Danilo Ortiz e Júnior Alonso (Gamarra); Mathías Corujo, Julio dos Santos, Fidencio Oviedo e Óscar Romero; Ángel Romero (Diego Godoy) e Daniel Güiza (Guillermo Beltrán). Técnico: Francisco Arce.

CRUZEIRO - Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian (Dagoberto); Júlio Baptista (Borges, depois Léo). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Dedé, aos 34, e Dagoberto, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Dedé, Luan (no banco) e Samudio (Cruzeiro).

CARTÕES VERMELHOS - Mathías Corujo e Daniel Guiza (Cerro Porteño) e Bruno Rodrigo (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Darío Ubriaco (Fifa/Uruguai).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio General Pablo Rojas, em Assunção (Paraguai).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso