Diário da Região

23/02/2006 - 02h40min

Libertadores

Corinthians cede empate e decepciona a Fiel

Libertadores

Decepção. Este foi o sentimento dos corintianos que foram ontem à noite ao Pacaembu. O time prometia festa diante do Universidad Católica, pela Taça Libertadores, e mesmo reforçado por Tevez, não passou de um empate com os chilenos: 2 a 2, após estar duas vezes em vantagem no placar. O time do Corinthians deixou o campo cabisbaixo. Gustavo Nery quase chegou a dizer que o resultado agradou. ?O importante é que não perdemos?, disse. E Ricardinho preferiu reclamar da arbitragem. ?Eles catimbaram demais e o juiz nada fez.? O empate levou os dois times aos quatro pontos, mas o Universidad Católica está na liderança do Grupo 4 por ter marcado mais gols (5 a 3). O próximo jogo do Corinthians na Libertadores será no dia 9 de março, contra o Tigres, no México. Ontem, Tevez entrou no Pacaembu vestindo camisa com o nome Chacho nas costas ? apelido de seu avô, que faleceu na Argentina. O árbitro, contudo, não o deixou jogar assim. Já com seu nome, o atacante argentino queria completar a homenagem em campo com gol, o que não foi possível.

Tevez desembarcou no País na manhã de ontem, concentrou e prometia gols. Não os fez, mas realizou bom primeiro tempo, esbanjou a tradicional garra e deixou seus companheiros, com freqüência, na cara do gol. Nilmar, Ricardinho e Gustavo Nery não souberam, contudo, aproveitar as chances. Roger, sim. Em seu segundo jogo como titular após a séria contusão na perna direita, o meia voltou a se destacar. Foram passes precisos, bastante disposição e um gol, de cabeça, aos 14 minutos, após rebote do goleiro Buljubasich. Na comemoração, mostrou a cicatriz de sua operação na fíbula. O gol, após bom início do Universidad Católica, acalmou a torcida corintiana, um pouco assustada pela agressividade ofensiva do rival. Os chilenos ainda acertariam uma bola na trave antes do intervalo. ?Precisamos acertar o lado esquerdo da defesa, o 19 (Fuenzalida) e o 17 (Luís Quinteros) estão bem por ali?, pediu o técnico Antônio Lopes. Mas o time não ouviu. E viu Jorge Quinteros empatar, de cabeça, logo aos 6 minutos. Nilmar voltou a colocar o Corinthians em vantagem. Ganhou do goleiro e fez 2 a 1, aos 14 mintuos. Mas os chilenos estragaram a festa corintiana aos 17. De novo, com Quinteros. O técnico Antônio Lopes não esperou nem a partida acabar para mostrar os culpados pelo empate. Ficou revoltado com os gols sofridos. Chegou a jogar copos de água no chão e ficou apontando a defesa e balançando a cabeça, irritado.

Ficha técnica:


Corinthians - 2
Marcelo; Coelho, Betão, Wescley e Gustavo Nery; Marcelo Mattos, Rosinei (Carlos Alberto), Ricardinho e Roger (Rafael Moura); Nilmar e Tevez. Técnico: Antônio Lopes.

Universidad Católica - 2
Buljubasich; Rubilar, Zenteno (Muñoz), Imboden e Fuenzalida (Osorio); Ormeño, Arrué, Pérez e Conca; Jorge Quinteros e Ignacio Quinteros (Nuñez). Técnico: Jorge Pellicer.

>> Gols: Roger aos 15 minutos do primeiro tempo. Jorge Quinteros aos 6 e aos 17 e Nilmar aos 15 minutos do segundo tempo. Juiz: Hector Baldassi (Argentna). Expulsão: Arrué. Renda: R$ 605.936,00. Público: 33.364 pagantes. Local: Pacaembu, em São Paulo, ontem à noite.

Marcelinho assina, mas sem aval da MSI
Marcelinho Carioca colocou mais fogo na briga entre o presidente do Corinthians, Alberto Dualib, e o presidente da MSI, Kia Joorabchian. O jogador assinou contrato com o clube até dezembro de 2007 sem o aval do fundo de investimento. Como Dualib está em Londres, o contrato foi assinado por um dos vice-presidentes, Clodomir Horsi. Ele obedeceu ordem do presidente dada por telefone. E logo surgiu o primeiro impasse: quem vai pagar os salários de R$ 150 mil do veterano atacante? Pessoas ligadas a Dualib dizem ser obrigação do fundo de investimento. E do lado da MSI a notícia é que não pagará por um atleta que não interessava.

E é possível até contestar a contratação na Justiça, já que o contrato de parceria determina que só o fundo de investimento tem o direito

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso