Diário da Região

09/01/2004 - 16h11min

Pré-Olímpico

Brasil usa cautela para encarar o Paraguai

Pré-Olímpico

Agência Guaraná Branco e Ricardo Gomes observam treino da Seleção Olímpica
Branco e Ricardo Gomes observam treino da Seleção Olímpica
Contra o desconhecido, a cautela. O técnico Ricardo Gomes só anunciará hoje, mas deu todas as pistas de que Fábio Rochemback começará jogando no lugar de Daniel Carvalho na partida de hoje às 23h10 (horário de Brasília) contra o Paraguai, pela segunda rodada do Torneio Pré-Olímpico, no estádio municipal de Concepción, no Chile. A comissão técnica brasileira não tem nenhuma informação sobre o time paraguaio. Ou melhor, tem informações que provavelmente estão desatualizadas. ?Faz meses que não conseguimos nada de novo sobre o Paraguai. Sabemos que é a equipe que se preparou melhor para a competição ao lado da Venezuela, mas só vamos conhecê-los mesmo quando o jogo começar. Esse desconhecimento me assusta?, afirmou Ricardo Gomes. O treinador lembra que o Brasil mudou bastante da Copa Ouro para cá, até mesmo em relação aos amistosos de novembro contra Corinthians e Santos, e que se surpreendeu com a ausência dos zagueiros Lago e Bizera na lista de inscritos do Uruguai. ?Nessa faixa de idade, os times mudam muito rapidamente. Por isso, pode ser que as informações que temos sobre o Paraguai não valham mais muita coisa agora. Temos uma idéia de como eles jogam, mas talvez só no intervalo eu tenha condição de arrumar o time em função do que vir nos primeiros 45 minutos?, comenta Gomes.

A falta de informações sobre o adversário de hoje é um dos motivos que devem levar à entrada de Rochemback no meio-campo. Diante de um rival com mais tradição - e também com mais ambição - do que a historicamente frágil Venezuela, é pouco provável que o treinador repita o esquema ultraofensivo da estréia, com quatro jogadores que não sabem marcar - Diego, Robinho, Dagoberto e Daniel Carvalho. Um detalhe que Ricardo Gomes observou na goleada de 4 a 0 sobre os venezuelanos indica que a ?farra? acabou. ?Fiquei preocupado com o desgaste do Elano. Ele ficou muito sobrecarregado e acabou se cansando, o que fez cair seu rendimento tanto na marcação como na parte técnica. Foi por isso que coloquei o Rochemback, para dividir melhor o trabalho com ele e o Paulo Almeida?, informou. Como o Paraguai não jogou na rodada de abertura e está mais ?inteiro? fisicamente, o treinador não deve expor novamente o jogador do Santos ao risco de se desgastar excessivamente, ainda mais sabendo que o Brasil voltará a campo num intervalo inferior a 48 horas para enfrentar o Uruguai domingo, às 17 horas.

Ricardo Gomes tentou criar um clima de mistério em relação à mudança que provavelmente fará e lançou no ar os nomes de Wendell e Dudu Cearense como outras ?ótimas opções? que têm para encorpar o meio-campo e aliviar a barra de Elano. Mas quem vê o entusiasmo com que ele fala de Fábio Rochemback não tem dúvida de que o volante do Sporting será o escolhido. Ele só não foi titular na estréia porque teve de jogar pelo seu time contra o Benfica, domingo. E no início da semana, o treinador declarou que Rochemback seria sua primeira opção para reforçar o meio-campo a partir do segundo jogo. A utilização do volante em lugar de Daniel Carvalho nos últimos 15 minutos da partida de quarta-feira foi uma demonstração da admiração que o treinador tem por ele. ?Coloquei o Rochemback em campo como uma recompensa por todo o esforço que ele fez para estar aqui conosco. Vi o quanto ele ficou triste lá na Granja Comary quando soube que teria de voltar para Lisboa e seria o último a se apresentar aqui no Chile e a vontade com que chegou na terça-feira, se colocando à disposição para treinar assim que botou o pé no hotel.?

?Boleiro? chefia equipe brasileira
O chefe de delegação, cartola que viajava com a seleção por ser aliado político do presidente Ricardo Teixeira e não tinha nenhuma intimidade com os jogadores e a comissão técnica, parece ser uma figura em extinção nas equipes de base do Brasil. O ex-lateral Branco comandou o grupo que esteve no Mundial Sub-20, nos Emirados Árabes Unidos, em dezembro, e está repetindo a dose desde quarta-feira, com o time Sub-23 no Chile. Aos 39 anos, e amigo de Ricardo Gomes há 22 - se conheceram nos juniores do Fluminense, em 19

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso