X

Diário da Região

28/12/2013 - 15h19min

Curitiba

Atlético-PR acusa Flamengo de 'aliciar' lateral Léo

Curitiba


O Atlético Paranaense emitiu nota neste sábado acusando o Flamengo de "aliciar" o lateral-direito Léo, com quem o clube de Curitiba negocia contrato definitivo. Para o Atlético, o time carioca está faltando com a ética ao interferir na negociação com o Vitória, clube ao qual pertence o jogador que foi uma das revelações do Brasileirão deste ano.

"O Atlético Paranaense foi surpreendido com a notícia de que o Flamengo, de forma antiética, procurou o Esporte Clube Vitória e também o atleta - na intenção de aliciá-lo - prejudicando as negociações entre CAP Clube Atlético Paranaense, ECV Esporte Clube Vitória e Léo", reclamou o clube, em nota.

Para o Atlético, a negociação do Flamengo com o jogador é indevida porque o Atlético já manifestou o interesse de exercer seu direito de aquisição dos direitos de Léo. O atleta tem vínculo de empréstimo com o time paranaense até o dia 31 deste mês.

"O Clube Atlético Paranaense tem o direito de exercer a opção de aquisição dos direitos de Leo, com toda prioridade, até o dia 31/12/13 e o fez através de depósito bancário na conta do Esporte Clube Vitória no valor estabelecido previamente em contrato no dia 26/12/13", afirmou o Atlético.

O clube alega que entrou em contato com a diretoria do Flamengo para notificar sua opção de compra, o que não teria sido considerado pelo time carioca. A resposta, contudo, não teria sido satisfatória.

"No dia 26/12/13, recebemos uma cópia de e-mail assinado pelo Sr. Wallim Vasconcelos, vice-presidente de futebol do Flamengo, propondo ao Vitória aquisição dos direitos do jogador. Documento esse sem timbre do Flamengo e enviado de endereço eletrônico não oficial do clube, ausente de todos os elementos essenciais que o negócio jurídico proposto deve ter para alcançar validade, pois apresentado de forma incompleta e imprecisa", criticou o Atlético.

"O CAP não aceita e repudia a conduta utilizada pelo Clube de Regatas do Flamengo, na tentativa de aliciamento de atleta com contrato vigente e principalmente na forma de aproximação deste com o ECV", prossegue o clube, na nota oficial.

Na avaliação do Atlético, a postura do Flamengo é "antiética". "É surpreendente que a nova diretoria do Flamengo, composta por pessoas de alto nível da sociedade carioca e brasileira, venha cometer as mesmas práticas antiéticas que dizem combater. Não será desta forma que Clube de Regatas do Flamengo, instituição tão tradicional, ocupará a liderança do futebol brasileiro. O discurso de moralidade da atual diretoria do Flamengo não condiz com o ato cometido contra os legítimos direitos do Clube Atlético Paranaense!".

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso