X
X

Diário da Região

09/10/2015 - 20h00min

São Paulo

Após renovar contrato, Danilo minimiza atraso de salários no Corinthians

São Paulo

Mesmo com direitos de imagem atrasados, o meia Danilo assinou na última quinta-feira a renovação do seu contrato com o Corinthians por mais uma temporada - até dezembro de 2016 - e disse nesta sexta não estar preocupado com o fato de o clube não pagar os salários em dia. "Até agora não acertaram (a dívida), mas ficamos mais preocupados com os jogos. A parte financeira nunca foi problema. A gente que está aqui há mais tempo passa isso para os mais jovens, que o mais rápido possível eles vão acertar", afirmou. Danilo também disse não acreditar que os atrasos nos salários podem fazer o time cair de rendimento nesta reta final de temporada. "O grupo é bom o suficiente para saber separar as coisas. Todo mundo já entendeu e creio que logo vão acertar tudo com a gente", comentou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo. Pelo novo contrato, o meia não vai receber mais direito de imagem. Todo o pagamento passará a ser feito pelo acordo em carteira assinada. "No futebol, o direito de imagem vai acabar acabando", justificou. Danilo também falou da felicidade por permanecer no Corinthians, onde se sente muito bem e considera o time mais importante pelo qual passou na carreira. "Eu me sinto em casa. O pensamento era de continuar. Quero ficar e ajudar, mesmo não jogando sempre, entrando", afirmou o meia, que já conquistou cinco títulos pelo Corinthians, mas espera aumentar esse número. "Estou muito motivado e quero mais títulos", completou. Mesmo com 36 anos, a aposentadoria não parece próxima a Danilo. Pela motivação e pela vontade de continuar jogando futebol, o atleta não faz planos quanto a isso. "Temos de amar o que a gente faz. Difícil falar, vou jogar até quando der. Vou jogando e espero ajudar o Corinthians nos objetivos", declarou. O objetivo mais próximo é o Campeonato Brasileiro, em que o Corinthians é líder com cinco pontos de diferença para o segundo colocado, o Atlético Mineiro (61 a 56). Com a voz de experiência, Danilo repete o discurso adotado por muitos colegas dele nos últimos dias sobre a importância de pensar em cada passo rumo ao título brasileiro. "Não tem nada fácil, aquele ano (2011) foi até a última rodada. Esse ano está assim, a gordurinha vai depender dos próximos jogos. Não podemos mudar nada. Vir para dentro de campo e disputar os pontos", concluiu.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso