X
X

Diário da Região

02/09/2016 - 00h00min

IMPASSE

América cobra para garotos jogarem na base

IMPASSE

Johnny Torres 31/8/2016 Treino do time sub-20 do América no estádio Teixeirão
Treino do time sub-20 do América no estádio Teixeirão

Para vestir a camisa do América na disputa do Paulista Sub-20 da Segunda Divisão, ter qualidade técnica não é o essencial. Mas sim ter condições de pagar uma mensalidade de R$ 500. A prática gerou atritos entre o presidente do Rubro, José Carlos Pereira Neto, o Zé Branco, a empresa parceira da categoria, Piacente Sports, e o técnico Jorge Lima, demitido por Zé Branco na terça-feira passada, dia 30, por colocar atletas que não pagaram para treinar e jogar. “É muito complicado, esse cara não tem postura de presidente”, disse Jorge Lima, que comandou o time nas três primeiras rodadas do estadual, com dois empates e uma vitória.

Zé Branco, que há três semanas voltou à presidência, vem em rota de colisão com os parceiros desde a inscrição da equipe no Paulista Sub-20 e chegou a afirmar que seria o treinador. “Cheguei para dar o treino e o Chicão (Rosatti - roupeiro) veio com uma lista feita pelo Zé Branco, de jogadores que tinham de pagar R$ 500 ou não iriam trocar para o treino. Uma coisa muito feia, fazer isso na frente de 40 meninos”, disse Jorge Lima, que negou a ordem e mandou todo mundo para o treino.

Lima diz que um conhecido seu mandou quatro garotos e que ajudaria com R$ 250 para cada atleta, mas Zé Branco teria exigido os R$ 500 e que o valor fosse depositado na conta de sua esposa, Rosinha.

Zé Branco 02092016 Zé Branco se defende e diz que ex-treinador é quem cobrava

O cartola, que em 2014 chegou a confirmar que cobrava R$ 300 para que jogadores fizessem testes na equipe por uma semana, nega a prática de cobrar mensalidade e acusa Jorge Lima de fazer a cobrança. “Apesar de achar que é normal isso hoje, o América não precisa fazer isso. O Jorge que estava cobrando e ganhando dinheiro em cima do América”, disse Zé Branco, que interrompeu o treino aos gritos, discutiu com Lima e o mandou para casa. “Quem manda sou eu, que ponho comida e pago as contas do clube.”

Zé Branco foi quem montou o elenco, segundo Lima, trazendo atletas do Rio de Janeiro. “São meninos favelados, que não têm como pagar. Mas se alguém pode ajudar, sempre é bem-vindo”, disse Zé Branco.

A Piacente Sports, que também foi parceira no Paulista Sub-15, ameaça deixar o clube pela intromissão excessiva do presidente. O cartola se apoia no fato de que tem uma multa rescisória de R$ 50 mil, caso deixe de cumprir sua parte. “Se ele não deixar eu trabalhar, cuidar do alojamento, montar minha comissão, não vou continuar”, disse Ademir Piacente. “Nunca peguei dinheiro de pai, sempre paguei a estrutura. É complicado se querem viver disso”, acrescentou o empresário.

Conselho define sobre sindicância

José Carlos Pereira Neto, o Zé Branco, foi alvo de outra acusação no início desta semana. De se apropriar de forma indevida de R$ 74,6 mil, referentes ao direito de formação nas vendas do atacante Danilinho, ex-Jaguares do México, e de Juninho Caiçara, negociado com o Shalke 04 da Alemanha. O valor foi depositado em uma conta de Renata Pereira Xavier, sobrinha de Zé Branco.

Jorge Lima 02092016 Ex-técnico Jorge Lima acusa o cartola de cobrar mensalidade

“Vou analisar e pegar o estatuto para ver o que pode ser feito. Mas terá de acontecer uma reunião para ver a veracidade dos fatos”, disse o presidente do Conselho Deliberativo, João Eurides Rodrigues, o João Baiano. “O correto é que o dinheiro fosse para uma conta do América e ele (Zé Branco) efetuasse o saque. Se ele fez isso (depositar na conta de um terceiro) terá de ter amparo legal.”

O órgão tem até dez dias para reunir os conselheiros e analisar o caso. “Ele (Zé Branco) disse que declarou, mas para mim foi uma surpresa, não sabia que havia entrado esse dinheiro”, disse Rodrigues, lembrando que Zé Branco pode ser afastado pelo Conselho e até responder judicialmente pelo ato. “Isso pode ser acatado pelo Ministério Público, já que o América é uma instituição sem fins lucrativos. Terá de provar que tudo foi feito de forma lícita”, disse Rodrigues.

Os acontecimentos recentes fizeram o presidente do conselho reconhecer a má administração de Zé Branco. “Desastrosa. O clube só está perdendo, não consegue unir ninguém”, finalizou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso