X
X

Diário da Região

09/07/2016 - 00h00min

DALLAS

Um dos suspeitos de atentado era do exército

DALLAS

O exército dos Estados Unidos confirmou nesta sexta-feira, 8, que Micah Xavier Johnson, um dos suspeitos de participar do tiroteio em Dallas que matou cinco policiais e deixou outros sete feridos, é reservista e serviu nove meses no Afeganistão. Segundo o Exército, Johnson era reservista alistado em sua cidade, Mesquite, em 2009, e que serviu como reservista até 2015. Sua ocupação era carpintaria e alvenaria.

Ele esteve no Afeganistão entre novembro de 2013 e julho de 2014 Ele recebeu diversas condecorações pelos serviços prestados durante sua estadia no país.

O chefe de polícia de Dallas, David Brown, afirmou que o ataque, realizado a poucas quadras onde o então presidente Jon F. Kennedy, foi assassinado em 1963, foi realizado por atiradores de elites no que parece ter sido uma emboscada. Três suspeitos foram detidos. Um quarto suspeito foi morto pela polícia em uma garagem no centro da cidade, após uma troca de tiros.

"Nós ainda não conhecemos os detalhes de sua morte, mas sabemos que ele explodiu", afirmou o prefeito da cidade, Mike Rawlings. Segundo policiais, o atirador que pretendia matar mais agentes.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou o ataque a policiais que aconteceu na noite de ontem, em Dallas, e prometeu trabalhar para punir os envolvidos no ato, classificado como "cruel".

Em visita à Polônia, onde participou de uma cúpula internacional, Obama disse que os policiais que trabalhavam durante a manifestação contra a morte de dois negros por policiais em Minnesota e Louisiana, foram intencionalmente alvejados. "Estamos horrorizados com esses eventos", disse.

Os manifestantes protestavam contra a morte de Alton Sterling e Philando Castile, dois homens negros abordados por policiais essa semana. "Existe um grande grupo, dentro dos Estados Unidos, que acredita ser tratado de forma diferente por causa da cor de sua pele", disse Obama. "E isso é um problema para todos nós."

Imagens dos protestos em Dallas mostram o momento em que começou o tiroteio, com as pessoas procurando abrigo. Segundo Brown, os atiradores pareciam ter "planejado alvejar e matar o maior número de policiais possível".

O prefeito da cidade pediu aos moradores da cidade para ficarem longe do centro da cidade nesta sexta-feira.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso