X
X

Diário da Região

29/04/2017 - 15h11min

Uberaba

Temer tem trabalhado e se debruçado na luta sobre Funrural, diz Blairo Maggi

Uberaba

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse neste sábado, 29, na abertura da 83ª ExpoZebu, em Uberaba (MG), que o presidente Michel Temer "está empenhado, tem trabalhado e se debruçado na luta para resolver o problema Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural)". Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar constitucional a cobrança do tributo sobre a receita bruta de agricultores e pecuaristas gerou um passivo estimado em R$ 10 bilhões do tributo não recolhido por produtores nos últimos cinco anos e o governo trata com o setor uma renegociação desse valor "Não há do presidente da República uma resistência em buscar uma alternativa para o assunto", afirmou o ministro. Ele repetiu que produtores que não recolheram o Funrural sustentados por liminares ou pela decisão em segunda instância, derrubada pelo STF terão de pagar um retroativo que pode chegar a 25% de sua receita bruta anual. "Essa situação traz um problema muitíssimo sério para a atividade, pois é óbvio que o produtor não tem isso guardado em casa". No discurso, Maggi citou que os 61% da área do País estão preservadas e que a pecuária utiliza 19% do território e a agricultura outros 8%. "Não há nenhum País que faça agricultura e pecuária tão sustentável quanto o Brasil", afirmou. O ministro considerou que Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que apurou irregularidades em frigoríficos e praticadas por fiscais do governo causou um prejuízo incalculável. Segundo ele, a ação rápida do governo evitou um colapso nas exportações do setor. "Passamos perto de um desastre gigantesco" Maggi disse que tem conversado com o colega da Fazenda, Henrique Meirelles, sobre as condições para o próximo Plano Agrícola e Pecuário, previsto para ser lançado em junho e afirmou ter-lhe dito que é preciso preservar renda do produtor. "É preciso dinheiro, pois a agricultura é uma indústria a céu aberto e de altíssimo risco. O plano safra deve preservara renda, caso contrário essa grande ajuda que agricultura tem dado para o País fará falta", disse. O ministro conclamou ainda os presentes, muitos deles empresários do setor de pecuária, a não se esconderem e a defenderem as reformas previstas pelo governo. "Precisamos fazer as reformas e temos de apoiar o presidente e a política. Não se trata de ideologia, mas daquilo, que se não for feito, pagaremos preço caro", concluiu. *O repórter viajou a convite de Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso