X
X

Diário da Região

10/09/2015 - 10h31min

São Paulo

Taxas no mercado de juros futuros acompanham e precificam mais altas da Selic

São Paulo

Os juros futuros dispararam na abertura em reação ao rebaixamento da nota do Brasil para o grau especulativo pela Standard & Poor's (S&P), ofuscando a ata do Copom e a desaceleração do IPCA de agosto. A aversão fez as taxas futuras dispararem, logo nos primeiros minutos de negócios desta quinta-feira, 10, em torno de 50 e 60 pontos-base nas máximas da sessão, no caso dos contratos para janeiro de 2017, considerados referência para medir a percepção de risco dos investidores. O mercado de juros futuros passou a trabalhar nesta manhã com apostas de quatro altas da Selic nas próximas reuniões do Copom (outubro e novembro, além de janeiro e março de 2016). Perto das 9h30, o DI para janeiro de 2017 apontava 15,37%, de 14,90% no ajuste de ontem. O vencimento para janeiro de 2021 estava em 15,21% (máxima de 15,45%), de 14,74%. O dólar à vista subia 2,66%, a R$ 3,8990, após ter batido a máxima de R$ 3,9050 (+2,82%). O dólar para outubro desacelerava a R$ 3,9230 (+3,06%). No mercado doméstico, o IPCA ficou em 0,22% em agosto, ante 0,62% em julho, dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, serviço especializado da Agência Estado. Os economistas esperavam uma taxa entre 0,17% e 0,35%, com mediana de 0,23%. É o menor nível para o mês desde 2010. Com o resultado, o IPCA acumula altas de 7,06% no ano e de 9,53% em 12 meses. Sobre a ata, vale destacar que pela primeira vez o Banco Central avisou que as elevações recentes de prêmios de riscos exigem que a política monetária se mantenha vigilante em caso de desvios significativos das projeções de inflação em relação à meta de 4,5%. O BC retirou da ata avaliação de que o cenário de convergência do IPCA para o centro da meta em 2016 tem fortalecido, sinalizando uma piora da estratégia.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso