X
X

Diário da Região

14/09/2016 - 10h31min

Rio

Saldo de empresas ativas no País recuou 4,6% em 2014 ante 2013, diz IBGE

Rio

O País tinha 4,6 milhões de empresas ativas que ocupavam 41,8 milhões de pessoas em 2014, segundo os dados do Cadastro Central de Empresas (Cempre) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, o saldo de empresas foi negativo pela primeira vez. As saídas totalizaram 944 mil empresas e as entradas somaram 726,3 mil empresas, o equivalente a um decréscimo de 4,6% em relação a 2013, ou 217,7 mil a menos. Houve queda ainda de 0,2% no pessoal ocupado total, 71,1 mil pessoas a menos, e aumento de 0,5% no pessoal ocupado assalariado, 170,4 mil empregados a mais. Entre os trabalhadores ocupados, 35,2 milhões eram assalariados em 2014, o equivalente a 84,2%, enquanto 6,6 milhões (15,8%) estavam na condição de sócio ou proprietário. Os salários e outras remunerações pagos pelas entidades empresariais totalizaram R$ 939,8 bilhões no ano, com um salário médio mensal de R$ 2.030,70, ou 2,8 salários mínimos mensais médios. A idade média das empresas ativas em 2014 era de 10,6 anos. A taxa de saída das empresas cresceu 6,1 pontos porcentuais, passando de 14,6% em 2013 para 20,7% em 2014, a maior taxa da série histórica iniciada em 2008. Todas as seções de atividades apresentaram aumento nas taxas de saída de empresas do mercado. As maiores elevações foram verificadas em Outras atividades de serviços (10,5 pontos porcentuais); Artes, cultura, esporte e recreação (8,7 pontos porcentuais); Construção (7,9 pontos porcentuais); e Informação e comunicação (6,8 pontos porcentuais). Ao mesmo tempo, a taxa de entrada diminuiu de 18,3% em 2013 para 15,9% em 2014, a menor desde 2008. A taxa de sobrevivência ficou em 84,1%, com um total de empresas sobreviventes de 3,8 milhões, patamar inferior ao verificado em 2013. Na passagem de 2013 para 2014, todas as seções de atividades tiveram queda nas taxas de entrada de empresas no mercado, com exceção de Eletricidade e gás. As maiores reduções foram nas seções Indústrias extrativas (-4,9 pontos porcentuais); Construção (-4,0 pontos porcentuais); Artes, cultura, esporte e recreação (-3,5 pontos percentuais); e Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação (-3,5 pontos percentuais). O comércio representa 44,9% do total de empresas (2,0 milhões). O segmento deteve 39,8% do número absoluto de empresas que entraram (289,3 mil), 46,4% das que saíram (437,7 mil) e 45,8% entre as que sobreviveram (1,8 milhões). Em 2014, 39,6% das 694,5 mil empresas que nasceram em 2009 ainda estavam ativas no mercado, o que significa que mais de 60% das empresas não sobrevivem cinco anos após o nascimento, apontou o IBGE. No período 2010-2014, as seções de atividades que apresentaram as mais altas taxas de sobrevivência foram saúde humana e serviços sociais (55,3%), atividades imobiliárias (51,5%) e atividades profissionais, científicas e técnicas (47,3%).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso