Diário da Região

26/10/2003 - 07h12min

Piscicultura

Região dos grandes lagos: de tanque cheio

Piscicultura

Arquivo A região dos Grandes Lagos pode ser uma das mais importantes no País
A região dos Grandes Lagos pode ser uma das mais importantes no País
A região dos grandes lagos, no noroeste paulista, pode se transformar em um dos locais mais importantes da pesca continental no País. De um total de 100 projetos de criação de peixes em tanques-redes, desenvolvido pela Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo com investimento estimado em R$ 2,6 milhões, pelo menos 30 contemplam esta parte do Estado. Com 3.206,5 quilômetros quadrados de espelho d?água, provenientes do represamento das águas para a instalação das hidrelétricas de Marimbondo, Água Vermelha, Ilha Solteira, Jupiá, Três Irmãos e Nova Avanhandava, a região apresenta um ambiente favorável para a pesca profissional por meio do sistema de criação de peixes em confinamento.

Os tanques-rede possuem estrutura em tela, que permite a contínua renovação da água e o fornecimento de alimentos e oxigênio aos peixes, além de impedir a ação de predadores. ?Os tanques-rede são instalados nas represas, nos braços dos lagos das hidrelétricas. Fluam na superfície por meio de bóias?, diz o diretor do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Paulista de Tecnologia e dos Agronegócios (Apta), Luiz Marques da Silva Ayrosa. Os projetos para implantação dos módulos, com 15 tanques cada um, foram elaborados no ano passado pelo órgão, ligado à Secretaria da Agricultura do Estado. As propostas estão em fase de aprovação na Secretaria da Agricultura e no Ministério Especial de Aquicultura e Pesca. O recurso é originário do Fundo de Expansão da Agricultura e Pesca (Faep) e do governo federal.

Os municípios de Santa Fé do Sul, Rubinéia e Jales fazem parte do projeto. ?A Casa da Agricultura em parceria com o município de Santa Fé do Sul já adquiriu 44 tanques-rede?, diz Ayrosa. Sessenta e cinco projetos foram assinados com a Nossa Caixa, agente financiador. Em Monte Aprazível, outro projeto para a instalação de uma unidade de processamento de peixe também está em andamen-to, com o projeto Aquamar. O especialista orienta que é importante os pescadores ou pro-dutores rurais se organizarem em associação e cooperativa para elaboração de estratégias para o desenvolvimento de gestão para explorar a piscicultura em tanques-rede. ?Um comportamento comum dos grupos é a falta de união?, diz.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso