X
X

Diário da Região

24/07/2017 - 09h30min

Brasília

Projeção do Focus para Selic no fim de 2017 permanece em 8,00% ao ano

Brasília

À espera do resultado do encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), na próxima quarta-feira, 26, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica de juros) para o fim de 2017. O Relatório de Mercado Focus trouxe que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 8,00% ao ano. Há um mês, estava em 8,50%. Divulgado nesta segunda-feira, 24, o relatório indicou ainda que a mediana das projeções dos economistas para a Selic no fim de 2018 permaneceu em 8,00%, ante 8,50% de um mês atrás. No Relatório Trimestral de Inflação (RTI) publicado em 22 de junho, o BC deixou as portas abertas para a continuidade do ritmo de corte da Selic, de 1 ponto porcentual, na reunião de política monetária de julho. No documento, o BC reiterou que o ritmo de cortes da Selic dependerá da atividade econômica, dos riscos para o cenário de inflação, das reavaliações sobre o ciclo e das expectativas para o IPCA. Na última quinta-feira (20), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA-15 - considerado uma espécie de prévia para a inflação oficial - teve deflação de 0,18% em julho. No mesmo dia, o governo anunciou aumento da alíquota de PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol. Na próxima quarta-feira, o Copom decide o novo patamar da Selic, atualmente em 10,25% ao ano. No relatório Focus desta segunda, a Selic média de 2017 passou de 10,16% para 10,06% ao ano. Há um mês, a mediana da taxa média projetada era de 10,28%. No caso de 2018, a Selic média seguiu em 8,00%, ante 8,50% de quatro semanas atrás. Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a taxa básica terminará 2017 em 7,75% ao ano, porcentual igual ao projetado há uma semana. Há um mês, a mediana projetada era de 8,38%. Para 2018, a expectativa foi de 7,75% para 7,50%, ante 8,25% de um mês antes. Copom Em meio à fraqueza da atividade e com a inflação sob controle, os economistas do mercado financeiro projetam corte de 1 ponto porcentual da Selic (a taxa básica de juros) na próxima quarta-feira, após encontro do Comitê de Política Monetária (Copom). É isso o que mostra a abertura dos dados do Relatório Focus. Até meados de julho, a projeção era de corte de 0,75 ponto porcentual, no encontro desta semana.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso