X
X

Diário da Região

08/06/2016 - 00h00min

EVENTO

Porto seco de Rio Preto quer ampliar sua atuação

EVENTO

Guilherme Baffi Queremos melhorar as condições para empresários que importam e exportam, diz José Garieri Neto, diretor do Eadi
Queremos melhorar as condições para empresários que importam e exportam, diz José Garieri Neto, diretor do Eadi

Depois de um tempo passando por uma reestruturação, a Estação Aduaneira Interior (Eadi) de Rio Preto está se movimentando para atrair novas empresas e ajudar a fomentar a importação e exportação em toda a região. Pelo menos é o que espera o novo diretor do porto seco, José Garieri Neto, que assumiu o posto há uns seis meses e, desde então, vem organizando o espaço para novos negócios. “Quando chegamos ao Eadi, a relação entre o porto seco e os órgãos importantes para o seu funcionamento estava abalada. 

Começamos, então, a trabalhar com o Ministério da Agricultura e a Receita Federal para estreitar laços. Queremos unir a Prefeitura, secretarias importantes e órgãos específicos para melhorar as condições para empresários que importam e exportam. O EADI nada mais é que um embrião de empresas. Com ele, é possível atrair empreendimento pela facilidade que ele gera para importar e exportar”, conta Garieri Neto.

Neste período, o porto seco recuperou o credenciamento com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), perdido em 2013, e reativou a parceria com o Ministério da Agricultura. Segundo Garieri Neto, utilizar o porto seco em Rio Preto para importar ou exportar é vantajoso por duas razões: preço e agilidade. “O valor é variado, depende muito do produto e dos serviços envolvidos, mas a movimentação aqui é, sem dúvidas, mais barata que no porto de Santos, por exemplo.

Além disso, o processo todo fica mais próximo do cliente, que pode ver a carga e resolver problemas mais facilmente.” O Eadi, inclusive, está com um projeto para a interiorização dos contêineres. “ Com isso, o empresário vai pagar apenas o valor do frete de vinda e a volta será paga pelo empresário que vai exportar, aproveitando para enviar seus produtos”, afirma o diretor do Eadi. Atualmente, o porto seco de Rio Preto atende aproximadamente 80 empresas.

Evento

Para estreitar as relações entre o Eadi, os órgãos oficiais ligados ao setor de comércio exterior e empresários, o porto seco realiza nesta quinta-feira, 9, o Desembaraça Brasil, um fórum de logística e comércio exterior para debater capacitação e as operações locais com foco na redução de custos nas operações logísticas. O evento será realizado no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), das 13h às 18h. A participação é gratuita, mas as vagas são limitadas. Inscrições ou dúvidas pelos telefones (17) 3211-6800 (Eadi) ou (17) 3231-0876 (Ciesp).

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso