X
X

Diário da Região

22/09/2015 - 20h17min

Brasília

Planejamento admite que depende em 2015 de receitas de 'considerável risco'

Brasília

O governo admitiu que depende de receitas que apresentam "considerável risco" de não se realizarem para fechar as contas em 2015. No Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas do quarto bimestre, o Ministério do Planejamento salientou que grande parte das receitas necessárias ao encerramento do exercício são condicionadas ou têm risco de não ocorrerem. "Associado à conjuntura econômica, aumenta a complexidade de sua realização, em particular daquelas que dependam de operações no mercado de capitais, tais como a abertura do capital da Caixa Seguridade e leilão de renovação de UHE", afirma o texto. Apesar disso, as receitas permanecem sendo esperadas porque, de acordo com o órgão, até o momento todas as operações estão dentro do cronograma. No relatório, o governo prevê R$ 43,876 bilhões em receitas extraordinárias, entre elas os recursos com o Prorelit, programa de recuperação de débitos em atraso, a abertura de capital da Caixa Seguridade e os tributos que serão pagos com ativos mantidos no exterior. No projeto de lei que enviou ao Congresso Nacional para reduzir a meta de 2015, o governo incluiu uma cláusula de abatimento de R$ 26,4 bilhões no caso de frustração das receitas com o Prorelit, de regularização de ativos no exterior e de concessões e permissões. INSS O governo reduziu em R$ 6,7 bilhões a previsão para o déficit do INSS neste ano, que passou de R$ 88,886 bilhões para R$ 82,181 bilhões. A previsão de receitas foi aumentada em R$ 4,1 bilhões, enquanto a estimativa de despesas caiu R$ 2,6 bilhões. De acordo com o relatório, esses movimentos ocorreram em consequência da atualização de parâmetros macroeconômicos como a projeção massa salarial. Em relação à despesa, o Planejamento atribuiu a redução à greve dos funcionários do INSS, que tem causado redução no atendimento das agências e reduzido as concessões de novos benefícios.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso