X
X

Diário da Região

14/12/2015 - 16h57min

São Paulo

Juros futuros terminam com alta moderada em sessão de liquidez fraca

São Paulo

Os juros futuros terminaram a sessão desta segunda-feira, 14, com leve alta, em linha com o avanço do dólar e da cautela com a agenda da semana. A liquidez confirmou a tendência normalmente mais fraca às segundas-feiras, afetada ainda pela falta de novidades no noticiário e de indicadores relevantes. Ao término da negociação regular o DI julho de 2016 projetava 15,245%, de 15,220% no ajuste anterior, e o DI janeiro de 2017 fechou em 16,05%, de 15,99% no ajuste de sexta-feira. O DI janeiro de 2021 tinha taxa de 16,09%, de 16,00% no ajuste da sessão anterior. Às 16h44, o dólar à vista avançava 0,29%, a R$ 3,8844. As taxas já começaram o dia com viés de alta, em linha com o dólar, mas num ambiente de poucos negócios, com o mercado na defensiva diante do que poderá ocorrer nos próximos dias. A quarta-feira é o Dia "D" da semana, quando haverá decisão de política monetária nos EUA e, no Brasil, está prevista sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) para definir os procedimentos do pedido de impeachment da presidente Dilma. As manifestações pelo impeachment por todo o País neste domingo foram consideradas de baixa adesão. Segundo operadores, os contratos mais curtos oscilaram de forma restrita ao já embutir uma precificação considerada justa para o cenário de indicadores e para a sinalização do Banco Central sobre a política monetária até o momento. Resta agora aguardar os próximos números de atividade e índices de preços nos próximos dias. Na quarta-feira, saem os dados do varejo de outubro e até o final da semana é esperado o IBC-BR do Banco Central (BC), também de outubro, e o IPCA-15 de dezembro. E o BC informou que divulgará o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) no dia 23 de dezembro. Nos contratos mais longos, prevalece a cautela principalmente com o cenário político, mas ainda assim o avanço hoje foi comedido, uma vez que, de acordo com as fontes nas mesas de renda fixa, há muita "gordura" de prêmios na curva. Em Wall Street, contudo, o rendimento dos Treasuries disparou às vésperas da decisão de política monetária do Federal Reserve. Às 16h19, o yield da T-Note de dez anos estava em 2,224%, de 2,176% no final da tarde de sexta-feira.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso