X
X

Diário da Região

28/10/2015 - 17h53min

São Paulo

Ibovespa vira e cai após banco central dos EUA sinalizar aperto monetário

São Paulo

O encontro de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) e seu comunicado mudou o rumo da Bovespa nesta tarde de quarta-feira, 28. O resultado fez com que as bolsas norte-americanas virassem para o vermelho e a Bovespa seguiu, mas o mercado acionário doméstico não devolveu a queda quando Wall Street retomou a trajetória de alta. No final, o Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,64%, aos 46.740,84 pontos. Na mínima da sessão, marcou 46.338 pontos (-1,39%) e, na máxima, 47.441 pontos (+0,85%). No mês, acumula ganho de 3,73% e, no ano, perda de 6,53%. O giro financeiro totalizou R$ 7,210 bilhões. O BC dos Estados Unidos decidiu, como esperado, manter sua taxa básica de juros entre zero e 0,25% ao ano. Mas o comunicado foi mais 'hawkish' ao trazer que os dirigentes consideram agora a possibilidade de subirem os Fed Funds no encontro de dezembro. Outra novidade do documento foi o abandono da referência à influência de acontecimentos internacionais. Agora, o Fed apenas está 'monitorando os acontecimentos econômicos e financeiros globais'. Depois de cederem após a divulgação, as bolsas em Wall Street voltaram a avançar e marcavam, às 17h13, alta de 0,53% no Dow, de 0,64% no S&P 500 e de 0,62% no Nasdaq. Durante o dia, o mercado acionário doméstico acompanhou a valorização global, puxada pelos estímulos anunciados pelo banco central da Suécia e pela perspectiva de que o Japão faça o mesmo. As bolsas europeias subiram por conta disso. As norte-americanas também vinham em alta influenciadas ainda pelos informes corporativos e puxadas pelos papéis do setor de energia, depois que os dados de estoques de petróleo puxaram as cotações da commodity para cima. No final, o contrato para dezembro negociado na Nymex avançou 6,34%, aos US$ 45,94. O anúncio do Departamento de Energia de que os estoques subiram menos do que o esperado na última semana nos EUA e de que os estoques de petróleo bruto em Cushing recuaram favoreceu a recuperação das ações da Petrobras que, no entanto, perderam força após o Fed. No final, Petrobras ON subiu 1,73% e a PN, 1,32% Vale, por outro lado, cedeu 2,70% na ON e 3% na PNA, influenciada pela perspectiva de crescimento menor na China e recuo do preço do minério de ferro. O Congresso do Partido Comunista chinês pode reduzir a meta de crescimento do país de 7% para 6,5%. O encontro termina amanhã.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso