X
X

Diário da Região

10/09/2015 - 17h40min

São Paulo

Ibovespa tem recuo comedido após perda pelo País de grau de investimento da S&P

São Paulo

A Bovespa teve uma queda comedida nesta quinta-feira, 10, a despeito da perda do grau de investimento pelo Brasil, anunciada na quarta-feira, 9, pela S&P. Durante o dia, o principal índice à vista operou em alta por alguns momentos, com zeragem de posições vendidas, busca de oportunidades e uma sensação de que o fundo do poço já pode ter sido alcançado - ou estar bem perto. O Ibovespa terminou a sessão em baixa de 0,33%, aos 46.503,99 pontos. Na mínima, marcou 45.592 pontos (-2,28%) e, na máxima, 46.819 pontos (+0,35%). No mês, acumula perda de 0,26% e, no ano, de 7,01%. O giro financeiro totalizou R$ 7,870 bilhões. O piso da sessão foi registrado logo após a abertura dos negócios, num forte movimento de correção que já tinha sido visto nos recibos de ações negociados em outras praças no exterior. Mas daí a trajetória melhorou e o Ibovespa foi evoluindo até marcar sua máxima, em alta, no começo da tarde. Um gestor comentou que houve zeragem de posições vendidas, o que faz com que o investidor compre ações no mercado. Um operador emendou que a maior parte da perda da nota de bom pagador do Brasil já tinha sido antecipada pela Bovespa e, hoje, restou pouco a ser ajustado. Por fim, houve abertura de oportunidades e os investidores não se fizeram de rogados. "O mercado vive de oportunidades e elas apareceram na sessão de hoje", comentou um profissional da mesa de renda variável para justificar a melhora ao longo da sessão. A entrevista que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deu, no meio da tarde, não chegou a fazer preço, embora na ocasião a Bovespa tivesse dado uma pequena piorada. Ele defendeu aumento de impostos para cobrir o rombo do orçamento de 2016, cobrou a sociedade a dar sua contribuição e se comprometeu com o ajuste fiscal e a meta para 2016. Vale e siderúrgicas, beneficiadas pela China, minério de ferro e alta do dólar, estiveram entre os destaques positivos do dia. Vale ON terminou com valorização de 4,62% e Vale PNA, de 4,17%. Usiminas PNA saltou 12,77% e liderou as altas do Ibovespa, seguida por Gerdau PN, com 7,69%, CSN ON, 7,62%, e Metalúrgica Gerdau PN, 5,45%. Como esperado também os bancos fecharam em baixa, em sintonia com o rebaixamento e em meio às discussões no governo sobre uma eventual nova elevação da tributação dessas instituições. Bradesco PN, -2,16%, Itaú Unibanco PN, -2%, BB ON, -1,75%, e Santander unit, +2,58%. Petrobras ON caiu 3,82% e a PN, 5,01%. A S&P também rebaixou o rating da estatal, de BBB- para BB, que agora perdeu seu grau de investimento por essa agência. No exterior, as bolsas norte-americanas terminaram em alta, influenciadas pela valorização do petróleo e pelos ganhos das ações da Apple. Dow Jones teve alta de 0,47%, aos 16.330,40 pontos, S&P fechou com +0,53%, aos 1.952,29 pontos, e o Nasdaq avançou 0,84%, aos 4.796,25 pontos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso