X
X

Diário da Região

30/09/2015 - 17h50min

São Paulo

Ibovespa retoma nível de 45 mil pontos ajudado por Petrobras

São Paulo

A alta inesperada da gasolina anunciada na noite de terça-feira, 29, pela Petrobras e a articulação política para a composição do novo ministério da presidente Dilma Rousseff garantiram um pregão de alta à Bovespa e suavizaram o recuo de setembro. Embora tenha oscilado em boa parte do dia na casa dos 44 mil pontos, o Ibovespa conseguiu garantir a retomada do nível de 45 mil pontos nos ajustes finais desta quarta-feira, 30, ao terminar em 45.059,34 pontos, em alta de 2,10%. Na máxima do pregão, o índice operou acima desse nível, aos 45.294 pontos (+2,63%) e, na mínima, ficou estável nos 44.132 pontos. Pelo terceiro mês consecutivo, o Ibovespa acumulou perda, de 3,36% em setembro. No trimestre, a queda atingiu 15,11%. No ano até agora, a bolsa cai 9,89%. O giro financeiro negociado hoje totalizou R$ 7,987 bilhões. A estrela da sessão foi Petrobras. Ontem à noite, a estatal anunciou um reajuste, a partir de hoje, de 6% para a gasolina e 4% para o diesel, nas refinarias. Foi o primeiro reajuste de preços nos combustíveis na gestão de Aldemir Bendine, e ocorreu a despeito de os preços domésticos não exibirem grande defasagem em relação aos praticados no exterior. A ação ON disparou 8,79% e a PN, 9,86%. A alta da gasolina ainda favoreceu as ações de empresas do setor sucroalcooleiro, que devem elevar a produção de álcool. Cosan ON fechou com alta de 5,95% (R$ 20,13), São Martinho ON, de 3,54% (R$ 39,20), e Tereos ON disparou 60,98% (R$ 0,66). Apesar da queda hoje do dólar, que pressionou Vale e exportadoras o dia todo para baixo, a mineradora brasileira conseguiu terminar em alta e favoreceu o desempenho do Ibovespa. A ação ON avançou 0,61% e a PNA, 0,76%. A valorização da bolsa brasileira teve contribuição ainda do desempenho de Wall Street, embora a questão política tenha sido mais relevante. O mercado gostou da notícia de que Aloizio Mercadante deve sair da Casa Civil, que passaria a ser ocupada por Jacques Wagner. Nada ainda foi confirmado, mas, dada a relação turbulenta de Mercadante com o Congresso, foi uma notícia positiva e que deve favorecer a tramitação de assuntos de interesse do governo no Legislativo. Isso, claro, graças ainda às pastas que o PMDB deve ganhar na reforma ministerial, num total de sete, pelo que se tem dito. O Dow Jones terminou o dia em alta de 1,47%, aos 16.284,70 pontos. O S&P 500 teve valorização de 1,91%, aos 1.920,03 pontos, e o Nasdaq subiu 2,28%, aos 4.620,17 pontos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso