X
X

Diário da Região

05/10/2015 - 17h25min

Rio

Ibama diz que pode resolver pendências para licença de Belo Monte ainda este ano

Rio

A presidente do Ibama, Marilene Ramos, afirmou nesta segunda-feira, 5, que as pendências para licença de operação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte poderão ser resolvidas ainda este ano. No mês passado, o Ibama negou a emissão da licença de operação de Belo Monte à concessionária Norte Energia. Após análise criteriosa das condicionantes socioambientais que teriam de ser cumpridas, o órgão concluiu que há 12 "pendências impeditivas" para a liberação da licença. "Não foi negada (a licença)", afirmou Marilene, após participar do seminário 20 Anos da Lei de Concessão, organizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio. Segundo ela, o órgão apenas requer o cumprimento de exigências previstas. Por isso, ela respondeu que "acredita" que será possível liberar a licença ainda este ano. "O processo está bastante adiantado. Muita coisa foi cumprida. O que não está (cumprido) tem que cumprir, se não, não tem licença", disse Marilene. Tapajós Marilene afirmou ainda que preparar o leilão da concessão da usina de Tapajós, no Pará, no primeiro semestre de 2016 é um prazo "apertado". "Há muitas questões relacionadas a áreas indígenas, é muito precipitado definir prazos", afirmou ela. O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, tem afirmado que o leilão de Tapajós deve acontecer no primeiro semestre de 2016. Para isso, a EPE está negociando com a Funai as questões indígenas citadas pela presidente do Ibama. Racionamento A presidente do Ibama disse também que deveria ter havido racionamento de eletricidade e de água para consumo humano no ano passado. Marilene citou o baixo nível das bacias hidrográficas, como a do Rio São Francisco e as que abastecem o Sudeste e criticou o fato de não ter havido uma decisão pelo racionamento de eletricidade, em âmbito federal, e de água, em São Paulo e no Rio. "Racionamento, em qualquer governo, de qualquer partido, é um palavrão", afirmou Marilena, que, após a palestra, destacou que a gestão de recursos escassos é difícil. "Poderíamos ter mais água nos reservatórios (se tivesse havido racionamento)", afirmou a presidente do Ibama.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso