X

Diário da Região

26/05/2015 - 00h00min

Novo modelo

Frei Caneco entra para o franchising

Novo modelo

Pierre Duarte/Arquivo Interessados em investir na franquia terão de investir entre R$ 250 mil e R$ 500 mil no negócio
Interessados em investir na franquia terão de investir entre R$ 250 mil e R$ 500 mil no negócio

Inaugurada em Rio Preto em 2011, a choperia Frei Caneco está entrando no mercado de franchising. Os empresários Marcela Portella e Cacaco Cunha, também proprietários do Boemia Butiquim, planejaram a formatação no sistema de franquias desde a abertura do negócio e fizeram a formatação no prazo de 65 dias. O investimento para ter a franquia varia de R$ 250 mil a R$ 500 mil.

Depois de uma pesquisa de mercado, os empresários listaram 15 cidades do interior num raio de 200 quilômetros com potencial para absorver o modelo do negócio. O objetivo é crescer em sistema espiral, ou seja, de pequenas para médias cidades. O plano é buscar essas cidades em 30 meses. Entre as cidades que são foco estão Araçatuba, Bauru, Votuporanga, Fernandópolis, Santa Fé do Sul e Ribeirão Preto.

Os candidatos a franqueados precisam se identificar com o conceito e a identidade da marca Frei Caneco e investir entre R$ 250 mil e R$ 500. A expectativa é de que sejam gerados entre oito e 20 empregos por choperia. Segundo Marcos Nascimento, da Cia de Franchising, responsável pelo projeto de expansão do negócio, o valor a ser desembolsado vai depender do tamanho da empresa, se os empreendedores já atuam no mercado ou se estão começando o negócio do zero.

“Se o investidor já tem o ponto comercial, a infraestrutura, os investimentos básicos serão pequenos.” Nascimento explica que o franqueado terá todo o suporte para montar a franquia, desde análise do ponto comercial, assessoria para desenvolvimento do projeto arquitetônico, fornecedores, treinamentos gerencial e de equipe, entre outros. “O bom atendimento é essencial, é ele quem adiciona valor a um bom produto”, disse.

O Frei Caneco foi destaque do Festival Gastronômico Sabor de São Paulo em dois anos consecutivos. Em 2014 ganhou a etapa regional com o bolinho Uai Sô, e, neste ano, com o bolinho do Pescadô, em evento realizado na semana passada. A casa é especializada em chopp.

“Queremos levar o sucesso do nosso negócio para outras cidades, seja em pontos comerciais de rua ou de shoppings, gerando emprego, renda, além de proporcionar diversão para os moradores desses lugares por meio de uma programação musical consistente e nosso cardápio de petiscos, pratos, lanches e bebidas diferenciados”, diz Marcella.

 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso