X
X

Diário da Região

30/09/2015 - 12h57min

Brasília

Entrada de dólares supera saída em US$ 11,103 bi no ano até 25 de setembro

Brasília

Em 2015, até o dia 25 de setembro, o País registra uma entrada de dólares superior à saída de US$ 11,103 bilhões, de acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira, 30. No mesmo período de 2014, o fluxo cambial estava positivo em US$ 2,586 bilhões. No período, as saídas líquidas da área financeira (que reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações) somaram US$ 6,020 bilhões. Neste segmento foram registrados ingressos de US$ 391,145 bilhões e envios de US$ 397,166 bilhões. No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 17,123 bilhões nos meses em questão, com importações de US$ 119,483 bilhões e exportações de US$ 136,606 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 27,098 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 31962 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 77,546 bilhões em outras operações. Setembro No mês de setembro até o dia 25, as saídas de dólares do Brasil foram maiores do que as entradas em US$ 172 milhões, após agosto ter fechado no azul em US$ 4,111 bilhões. A saída de dólares pelo canal financeiro em setembro até o dia 25 foi de US$ 1,054 bilhão, resultado de ingressos no valor de US$ 32,025 bilhões e de envios no total de US$ 33,080 bilhões. Ao longo de todo o ano passado, a área financeira foi a principal porta de saída de recursos do País, somando US$ 13,4 bilhões. Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 882 milhões no mês até dia 25, com importações de US$ 10,356 bilhões e exportações de US$ 11,238 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,305 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,192 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 6,741 bilhões em outras entradas. Semana Na semana de 21 a 25 de setembro, o Banco Central também registrou saídas de dólares acima dos ingressos. O valor ficou negativo em US$ 555 milhões, com destaque para a área financeira, que teve remessas líquidas de US$ 461 milhões. O resultado é a diferença entre entradas de US$ 11,445 bilhões e de envios de US$ 11,906 bilhões. No mesmo período, no comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 94 milhões, com importações de US$ 3,360 bilhões e exportações de US$ 3,266 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 568 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 569 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 2,130 bilhões em outras operações.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso