Diário da Região

14/04/2004 - 18h13min

Mercados

Em dia de Copom, dólar fecha em queda de 0,17%

Mercados

Arquivo Dólar foi cotado a R$ 2,936 para compra e a R$ 2,938 para venda
Dólar foi cotado a R$ 2,936 para compra e a R$ 2,938 para venda
Depois de operar na maior parte do dia em alta, o mercado de câmbio encerrou os negócios desta quarta-feira em território negativo. O dólar comercial ficou cotado a R$ 2,8860 na compra e R$ 2,8880 na venda, com desvalorização de 0,17%. Na máxima do dia, a moeda norte-americana chegou a R$ 2,900. Na Bolsa de Valores de São Paulo, a tendência de queda também prevaleceu. No pior momento do dia, o Ibovespa chegou a cair quase 2%. No encerramento dos negócios, o principal índice da bolsa paulista somava 22.311 pontos, o equivalente a uma perda de 1,36% ante o fechamento anterior.

Entre os fatores que influenciaram os negócios, estão os últimos dados sobre a economia norte-americana e a expectativa pela decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) sobre juro básico da economia. O índice de preços ao consumidor nos EUA subiu 0,5% em março, ultrapassando as expectativas de 0,3% de analistas. O número reforça as apostas de um aumento nos juros dos Estados Unidos, o que pode reduzir a atratividade de mercados emergentes, como o Brasil.

No câmbio, a presença de exportadores no mercado aliviou a pressão sobre o dólar. Nas primeiras horas de negócios, pequenas remessas de recursos contribuíram para a alta da divisa. O vencimento cambial de amanhã também influenciou.

Confira o dia nos mercados:

Dólar - Após uma manhã marcada pela pressão em torno do vencimento cambial desta quinta-feira, o dólar inverteu a trajetória na segunda etapa do dia e encerrou em leve baixa, vendido a R$ 2,888.

Bovespa - A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda, afetada pelo crescente temor de alta dos juros nos Estados Unidos. O vencimento de contratos de Ibovespa na BM&F trouxe volatilidade ao pregão e contribuiu para intensificar as perdas da bolsa.

Juros - Os juros projetados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) caíram para os vencimentos com prazos mais curtos e subiram para os prazos mais longos, a partir do último trimestre deste ano.

Petróleo - Contrariando as expectativas de que o preço do petróleo cairia depois da divulgação das reservas do produto nos Estados Unidos, o Brent fechou em alta. O WTI, porém, não surpreendeu.

Europa - As principais bolsas de valores da Europa encerraram a quarta-feira em baixa, diante da perspectiva de elevação da taxa de juros nos Estados Unidos.

Ásia - A maior parte das praças acionárias asiáticas fechou em queda nesta quarta-feira, após notícias ruins da Intel e em meio às especulações de aumento de juros nos Estados Unidos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso