X
X

Diário da Região

07/04/2015 - 10h42min

São Paulo

Dnit prevê R$ 5,5 bilhões de investimento em rodovias em 2015

São Paulo

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) prevê investir entre R$ 5,5 bilhões e R$ 5,9 bilhões em 2015, mas reconhece que pode haver complicações nessa estimativa devido ao ajuste fiscal do governo federal. Segundo o diretor de infraestrutura rodoviária do Dnit, Luiz Guilherme Rodrigues, a prioridade será a manutenção das rodovias. "Diante do ajuste fiscal, poderemos ter complicações no investimento em outros tipos de contrato, porque a diretoria vai priorizar a manutenção. Se for preciso não iniciar obras de duplicação, não iniciaremos. Caso tenhamos algum tipo de folga mais significativa no orçamento deste ano, temos perspectiva de manter as obras em andamento", afirmou Rodrigues, durante seminário de perspectivas econômicas realizado na Intermodal South America. O executivo explicou que a atual carteira de contratos do Dnit soma R$ 42,3 bilhões, divididos em implantação e duplicação, manutenção e restauração, supervisão e consultoria, e operação. Rodrigues afirmou que houve crescimento significativo de investimentos em rodovias desde 2007 devido ao Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), mas disse que o ano de 2015 será de priorização. "Não conseguimos arcar com tudo devido ao ajuste fiscal", afirmou. O Dnit tem 50 mil quilômetros de malha rodoviária para manutenção. Rodrigues afirmou que o Dnit vai priorizar algumas rodovias federais consideradas essenciais para escoar a produção. A principal delas é a BR-163, que liga o Mato Grosso ao Pará. "O Dnit tem essa prioridade no Pará por causa da saída da soja do Mato Grosso para os modais hidroviários do norte, como Santarém. Essa implantação é o cenário principal de execução do Dnit e é um empreendimento para o qual não pretendemos ter nenhum tipo de restrição orçamentária ou financeira", afirmou. "Vamos terminar essas obras até pela responsabilidade que temos com as concessionárias do Mato Grosso." Outras rodovias consideradas prioritárias pelo Dnit incluem a BR-364 no Mato Grosso, a BR-235 na Bahia, a BR-381 em Minas Gerais a BR-116, no Rio Grande do Sul e a BR-163 no Paraná. "Temos muitos outros contratados, mas são esses os empreendimentos que pretendemos continuar com a execução, mesmo com o ajuste fiscal", apontou. Rodrigues destacou ainda que o Dnit trabalha em um novo modelo de pesagem em rodovias - o Posto Integrado Automatizado de Fiscalização (PIAF) -, após uma discussão jurídica ter impedido o departamento de operar balanças. "Estamos trabalhando em um termo de ajuste de conduta para permitir esse novo modelo, com tecnologia que trouxemos dos Estados Unidos. Estamos instalando 35 postos e vamos instalar mais cerca de 70 postos nos próximos anos", afirmou. "O modelo tem uma pesagem dinâmica mais grosseira que, se acusar possível sobrepeso, o caminhoneiro vai ter que entrar em outro posto de pesagem mais específica", explicou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso