Diário da Região

12/12/2011 - 20h20min

Bom gosto com responsabilidade

Decoração requer responsabilidade ambiental

Bom gosto com responsabilidade

Thomaz Vita Neto Leandro Martins e Marcelo von Gal investiram em pisos feitos de bambu, que não emitem gás tóxico na produção
Leandro Martins e Marcelo von Gal investiram em pisos feitos de bambu, que não emitem gás tóxico na produção

Produtos ecológicos e inteligentes garantem muito mais que beleza ao ambiente. Economia, durabilidade e reaproveitamento são algumas das vantagens. E como sustentabilidade é a palavra do momento, a ação sustentável pode também decorar sua casa. Cada vez mais o mercado investe em produtos renováveis e que afetam menos o meio ambiente, sem deixar a qualidade fora disso. Entre os exemplos estão desde objetos de decoração, até acabamentos e revestimentos de chão e parede.


A Via Light, em Rio Preto, apostou em uma linha de luminárias de ecodesigner. Dentro deste conceito foi criada a luminária Batucada. Feita em alumínio, por ser de baixo impacto ambiental e de fácil reciclagem, e com o uso da tecnologia LED, que proporciona baixo consumo de energia e longa durabilidade. De acordo com Carla Cocenza, gerente da empresa, a Batucada foi inspirada em luminárias clássicas industriais do século 20. As superfícies são marteladas artesanalmente e suas imperfeições acabam realçadas transformando cada luminária em uma peça única criada pelo designer Brunno Jahara.


A preocupação das empresas com o meio ambiente não está apenas na área dos objetos. Hoje o mercado também disponibiliza materiais de pisos que se preocupam tanto com a origem do produto como com o cuidado da produção, utilizando menos energia e materiais. A Ecori, por exemplo, se especializou em pisos e revestimentos feitos de bambu. Com aspecto de madeira, os pisos são mais resistentes e duráveis que os convencionais. Além do mais, enquanto uma árvore nobre demora mais de 50 anos para o corte, o bambu em cinco anos se renova.


Os empresários Marcelo von Gal e Leandro Martins explicam que o mercado interno ainda é resistente ao uso do bambu. "Enquanto nos EUA e na Europa cerca de 20% do mercado já utiliza a matéria prima, aqui no Brasil ainda não passamos de 1%", explica Martins. Von Gal complementa dizendo que além da durabilidade do produto, a qualidade garante proteção antibactericida, não utiliza cola e não emite gás tóxico na produção.


A empresa oferece cinco tipos de espessuras de placas em oito cores diferentes. Como é montada com encaixes, em uma mudança é possível levar o piso sem nenhum prejuízo. Além das placas poderem ser usadas no revestimento de móveis, paredes, portas e até mesmo na fabricação de cozinhas e móveis maciços. Os clientes ainda tem a opção de móveis de bambu vendidos via catálogo. São 20 anos de garantia em residências e cinco anos para empresas.


Ainda na categoria de pisos a empresa Aquarela Park produz pisos ecologicamente corretos. Fabricados a partir de plástico reciclável, o produto é especialmente feito para áreas externas e expostas à água. Chamada de madeira plástica, o material é ideal para piso, deck, bancos de jardim, cercas e acabamentos. Com a durabilidade do plástico e a aparência de madeira de verdade.


Há ainda muitas outras opções de decoração e acabamento com produtos que primam pela qualidade e pela sustentabilidade. O que pode fazer da sua casa um modelo à ser seguido não apenas pelo bom gosto, mas também pela responsabilidade ambiental e social que esses produtos agregam.


Serviço:


Via Light Iluminação, Rua General Glicério, 3841, Rio Preto, Fone: (17) 3211-2999 www.vialight.com.brEcori – Pisos e Revestimentos Ecológicos, Rua Dr. Raul Silva, 603, sala 4, Rio Preto, Fone: (17) 3222-2196, www.ecori.com.brAquarela Park, Rua Bom Sucesso, 66, Rio Preto, Fone: (17) 3229-3301

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso