X
X

Diário da Região

23/12/2015 - 00h00min

Expansão

CPFL investe R$ 12 mi para livrar clientes de transtorno

Expansão

Mara Sousa Companhia vai contratar novos eletricistas para dar conta da demanda
Companhia vai contratar novos eletricistas para dar conta da demanda

Rio Preto foi uma das cidades que mais receberam investimentos da CPFL Paulista durante 2015. A concessionária do Grupo CPFL Energia, que atende 4,16 milhões de consumidores em 234 municípios do interior de São Paulo, investiu R$ 12,660 milhões na cidade até o fim de outubro, o quarto maior valor da sua área de cobertura, atrás apenas de Campinas (R$ 35,760 milhões), Piracicaba (R$ 22,764 milhões) e Ribeirão Preto (R$ 15,082 milhões). A maior parte do dinheiro, cerca de R$ 7 milhões, foi destinada a melhorias na rede de distribuição, como substituição de postes, poda de árvores, manutenções e ligações para consumidores.

O restante, aproximadamente R$ 5,6 milhões, foi para a subestação próxima ao hospital Austa, conta Luis Antonio Gomes, consultor de negócios da CPFL Paulista em Rio Preto. “Rio Preto tem um crescimento acima da média da maioria das cidades atendidas pela CPFL Paulista. Então, estamos investindo para que não haja nenhum problema de escassez de energia. Com o investimento, estamos dobrando a capacidade desta subestação para que ela consiga cobrir toda a demanda. 

A inauguração deve ficar para março.” Esses investimentos também são parte do planejamento da concessionária para o período de verão, época do ano em que as chuvas se intensificam e, como 2015 já mostrou, causam estragos e transtornos para a população. Em outubro, moradores ficaram no escuro por mais de 24 horas. Na região, uma granja perdeu 4 mil frangos e 19 municípios ficaram ate 90 horas sem energia.

“Esse ano está sendo bastante atípico, com uma quantidade de temporais superior ao visto em outros anos e todos com uma intensidade muito grande. Recentemente, tivemos um temporal em Rio Preto com ventos de aproximadamente 95 quilômetros por hora, o que é considerado quase um tufão”, diz Gomes. Para dar conta dos chamados, a CPFL também vai investir no reforço de sua equipe, explica o consultor de negócios. “Está prevista a contratação de mais eletricistas a partir de janeiro. Para Rio Preto, estão previstos quatro novos trabalhadores e mais vagas serão abertas em breve.”

Atualmente, a distribuidora possui 340 equipes próprias, além de outras 180 equipes contratadas que podem ser acionadas em situações de emergência. Quanto ao tempo de resposta das equipes, Gomes afirma que tudo depende da causa do problema. “Se for desligamento de chave, causado normalmente por muitos raios, o tempo de resposta é rápido. Agora, em caso de cabo partido ou de quebra de poste, o serviço é mais demorado.”

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso