X
X

Diário da Região

23/12/2015 - 09h27min

São Paulo

Com Brasília em descanso, dólar abre de lado e tende a seguir fluxo e exterior

São Paulo

O cenário doméstico continua apontando viés de alta para o dólar ante o real. Porém alguns movimentos pontuais estão segurando as cotações nesta quarta-feira, 23, e o dólar abriu perto da estabilidade. Às 9h18, a moeda à vista era negociada em R$ 3,9921 (+0,02%) e o dólar para janeiro, estável, era cotado em R$ 3,9985. Entradas de recursos chineses para investimento, quedas nas importações e os leilões de linha do Banco Central têm garantido uma relação entre a demanda e oferta do dólar mais equilibrada do que habitual para esta época do ano. E as pressões de alta recentes da moeda norte-americana ocorreram mais em função da instabilidade política e do desconforto dos investidores com relação às mudanças no comando da Fazenda. Hoje, a presidente Dilma participa de evento no Rio de Janeiro e pode falar. Lembrando que, ontem o relator das contas do governo de 2014, senador Acir Gurgacz (PDT-RO), apresentou parecer que aprova "com ressalvas" as contas públicas de 2014, contrariando a recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Uma boa notícia para o governo, embora isso não encerre o tema. No entanto, com o recesso em Brasília a agenda política está adiada e com a percepção de que não haverá mais notícias negativas vindas de lá, por enquanto, a volatilidade do câmbio tende a ser dada pelo fluxo efetivo de recursos e pela trajetória do exterior. Há pouco, o dólar subia 0,09% em relação a uma cesta de seis moedas fortes no mercado internacional. Em comparação às principais moedas e commodities, o dólar também avançava levemente, apesar de as principais commodities metálicas e agrícolas, além do petróleo, mostrarem pequena tendência de valorização. A queda dos estoques de petróleo nos EUA surpreendeu e junta-se à promessa da China de redução da produção de mineradoras para dar fôlego aos preços das commodities nos mercados internacionais. Isso sustenta os ganhos das bolsas europeias. Aqui, o mercado está digerindo o Relatório de Inflação que acaba de ser divulgado e, no início da tarde, serão anunciados os dados da arrecadação.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso