X
X

Diário da Região

26/03/2015 - 18h51min

Rio

CNC avalia que desemprego pode elevar inadimplência

Rio

O aumento no porcentual de famílias endividadas na passagem de fevereiro para março é sazonal e já esperado, afirmou nesta quinta-feira, 26, a economista Marianne Hanson, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). "Há muitos gastos extras que incidem nesse período e que afetam endividamento e inadimplência", disse. Hoje mais cedo, a CNC informou que o porcentual de famílias endividadas ficou em 59,6% neste mês, contra 57,8% no mês passado. Ainda assim, o resultado é menor do que em março de 2014, quando o endividamento atingiu 61,0% das famílias. A queda anual é atribuída pela economista ao arrefecimento no ritmo de crescimento do crédito para o consumo. "O crédito tende a ficar cada vez mais caro, devido ao aumento do custo de captação dos bancos e do spread mais alto. O consumo está mais moderado. O consumidor está preocupado com rumos da economia, do crédito, do emprego e da renda. Com isso, não esperamos altas expressivas do endividamento nos próximos meses", disse Marianne. O cenário futuro, contudo, vai depender da dinâmica do mercado de trabalho. Embora a taxa de desemprego permaneça em níveis baixos historicamente, os consumidores já percebem desaquecimento. Hoje, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que a taxa de desemprego ficou em 5,9% em fevereiro, a maior desde junho de 2013. "Historicamente, existe correlação entre desemprego e inadimplência. Sem trabalhar, as pessoas não conseguem honrar seus compromissos", disse Marianne. O perfil do endividamento das famílias ainda é favorável, afirmou a especialista, mas ela alertou que a conjuntura econômica pode provocar o aumento da procura por crédito emergencial - especialmente cheque especial e cartão de crédito -, geralmente com limites pré-aprovados. Neste mês, devido ao aumento dos juros, a parcela média da renda comprometida com dívidas também aumentou para 29,7%.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso