X
X

Diário da Região

28/08/2015 - 10h52min

São Paulo

Bovespa reduz perdas após abertura em NY

São Paulo

A Bovespa perdeu logo na largada os 47 mil pontos, mas voltou a ficar acima desse patamar nesta sexta-feira, 28, após a abertura das bolsas de Nova York. Ainda assim, segue no vermelho, após subir 7,62% nos últimos três pregões. O mau humor das bolsas em Nova York e Europa ajuda a abrir espaço para realização. E a contração mais acentuada do PIB no 2º trimestre, de 1,9% na margem, não pesa nos negócios, mas é um dado a mais para compor um quadro doméstico desanimador, de economia em contração, fiscal em deterioração e ética em xeque em meio a tantas CPIs. O investidor também digere dados divulgados nos Estados Unidos e falas de dirigentes do Federal Reserve, ainda que nenhum deles vote nas reuniões de política monetária deste ano. Às 10h34, o Ibovespa caía 0,95%, aos 47.261,84 pontos. As ações da Petrobras caíam 0,56% (PN) e 0,66% (ON). Os papéis da Vale perdiam 0,58% (PNA) e -0,51% (ON). Em Nova York, o Dow Jones caía 0,33%, o Nasdaq perdia 0,38% e o S&P 500 recuava 0,23%. Nos EUA, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, disse hoje que a economia dos EUA está pronta para aumento de juros. O dirigente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse que a volatilidade no mercado não pode influenciar a decisão do BC norte-americano de subir os juros. Na contramão, o presidente do Fed de Minneapolis, Narayana Kocherlakota, disse que elevar os juros agora prejudicaria a credibilidade da meta de inflação de 2%.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors