X
X

Diário da Região

19/11/2015 - 16h34min

São Paulo

Bolsas europeias sobem com sinalização do Fed de alta dos juros

São Paulo

As bolsas europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, 19, após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) indicar ontem que a maior economia do mundo parece saudável o bastante para resistir a um modesto aumento das taxas de juros ainda neste ano. Além disso, notícias positivas na China também influenciaram o mercado acionário do continente. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,43%, para 380,96 pontos. As ações se recuperaram parcialmente da queda observada ontem, com os papéis das companhias de turismo recuando diante do aumento das tensões com segurança pública por causa dos atentados em Paris na última sexta-feira. "Os mercados claramente gostaram do fato de que o BC dos EUA reafirmou a fé na recuperação da economia e está na linha d'água para o primeiro movimento de normalização da política monetária. Há alguma sensação de que isso não vai atrapalhar a recuperação econômica nem gerará caos no mercado", dizem os analistas da corretora Accendo Markets. As ações em Wall Street fecharam em alta na quarta-feira, após a divulgação da ata da última reunião do Fed, que indicou que "a maioria dos participantes" anteciparam as condições para que um aumento dos juros possa ser alcançado na próxima reunião" em dezembro. Além disso, o mercado acionário europeu encontrou apoio na notícia de que o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) afirmou que iria cortar as taxas de juros para um instrumento de empréstimo chamado Linha de Crédito Permanente (SLF, na sigla em inglês). A medida destina-se a reforçar a liquidez do sistema financeiro. Preocupações sobre a desaceleração da economia chinesa têm pesado sobre as ações de empresas de commodities e artigos de luxo na Europa. A bolsa de Londres fechou em alta de 0,81%, a 6.329,93 pontos, puxada por ganhos das empresas de commodities. A Glencore subiu 0,79% e a Randgold Resources ganhou 3,00%. O índice DAX da bolsa de Frankfurt subiu 1,14%, para 11.085,44 pontos, com a Volkswagen liderando os ganhos. A montadora viu suas ações subirem 3,52% após a Comissão Europeia ampliar o prazo para que a empresa forneça informações completas sobre emissões de dióxido de carbono de seus veículos. A ThyssenKrupp ganhou 1,59%, com avaliações positivas sobre o balanço trimestral. Na França a bolsa de Paris fechou em alta de 0,17%, aos 4.915,10 pontos; a bolsa de Lisboa fechou na contramão das demais e caiu 0,51%, para 5.351,38 pontos; a bolsa de Madri fechou em alta de 0,91%, aos 10.354,70 pontos; e a bolsa de Milão subiu 0,45%, para 22.191,99 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso