X
X

Diário da Região

26/03/2015 - 15h52min

São Paulo

Bolsas europeias fecham em queda com Iêmen e mau humor de investidores

São Paulo

As bolsas europeias fecharam em queda esta quinta-feira, 26, influenciadas pela aversão ao risco gerada pelo conflito militar no Iêmen e um sentimento negativo nas demais praças financeiras. A cautela levou o índice pan europeu Stoxx recuar 1,3%, aos 392,85 pontos. Os mercados amanheceram com a notícia de que a Arábia Saudita bombardeou importantes instalações militares no Iêmen em resposta à tomada do poder pelo grupo rebelde Houthis, que em fevereiro depôs um governo apoiado pelos Estados Unidos. A ofensiva conta com a participação de outros nove países, e tem como objetivo "proteger o povo iemenita e o governo legítimo do país", nas palavras do embaixador saudita nos Estados Unidos, Adel Al-Jubeir. O anúncio do conflito, que envolve uma importante região produtora de petróleo, elevou a aversão ao risco dos mercados. Por outro lado, fez crescer a expectativa de uma redução na oferta da commodity, o que deu força à cotação do petróleo e também aos papeis de empresas do setor, como as da Seadrill, que subiram 1,74%, e a inglesa Weir, que ganhou 0,51%. Perto do horário de fechamento das bolsas na região, o Brent para maio tinha alta de 3,75%, a US$ 58,63 por barril, na plataforma eletrônica ICE, enquanto na Nymex, o petróleo para o mesmo mês subia 2,99%, a US$ 50,67 por barril. Em uma perspectiva mais ampla, porém, "as bolsas na Europa estão em baixa por causa da forte liquidação que aconteceu nas bolsas de Nova York ontem", disse Naeem Aslam, analista chefe de mercados da AvaTrade, em nota a clientes. "Investidores acham difícil acreditar que a economia norte-americana vai bem com base nos últimos indicadores disponíveis." Enquanto isso, incertezas políticas e econômicas na Grécia levaram os depósitos nos bancos gregos chegarem ao menor patamar em 10 anos em fevereiro. Segundo dados do Banco Central da Grécia, divulgados nesta quinta, os saques no mês somaram 7,9 bilhões de euros. Em Atenas, o índice ASE fechou em queda de 3,74%, aos 764,88 pontos, enquanto em Frankfurt, o DAX recuou 0,18%, aos 11.843,68 pontos. Destaques para as ações da Lufthansa, caíram 1,96% no segundo dia após o acidente com um avião de sua subsidiária Germanwings. Em Londres, o índice FTSE-100 recuou 1,37%, fechando aos 6.895,33 pontos. O índice FTSE-Mib, da bolsa de Milão, terminou em baixa de 1,06%, aos 22.900,27 pontos, enquanto índice o PSI-20, da Bolsa de Lisboa, fechou em queda de 1,10%, aos 5.949,13 pontos. A Bolsa de Paris reduziu as perdas no final da sessão e o índice o CAC-40 fechou em baixa de 0,29%, aos 5.006,35 pontos, mas na máxima do dia. O mesmo ocorreu com a Bolsa de Madri, em que índice IBEX-35, fechou em queda de 0,10%, aos 11.453,80 pontos, também na máxima do dia.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso