X
X

Diário da Região

03/05/2016 - 17h38min

Nova York

Bolsas de NY recuam com retorno de preocupações com crescimento global

Nova York

As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta terça-feira, 3, pressionadas por renovadas preocupações com o crescimento da economia global. As commodities terminaram a sessão em baixa, um indicador sobre a indústria da China caiu e a União Europeia reduziu as projeções para diversas economias do mundo. Segundo operadores, o recuo das ações foi exacerbado pelo baixo volume de negócios. "Nosso clientes estão bastante nervosos. O mercado caiu como uma pedra em meados de fevereiro e depois teve um rali, dois movimentos muito rápidos em um curto período", afirmou Scott Wren, estrategista de ações globais do Wells Fargo Investment Institute. O índice Dow Jones caiu 140,25 pontos (0,78%), para 17.750,91 pontos. O Nasdaq recuou 54,37 pontos (1,13%), para 4.763,22 pontos. O S&P 500 perdeu 18,06 pontos (0,87%), para 2.063,37 pontos. Empresas de energia foram pressionadas pela queda do petróleo. Entre os maiores declínios, Chesapeake Energy perdeu 12% e Marathon Oil recuou 5,6%. As commodities sentiram pressão de mais um indicador fraco da China. O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial do país medido pela Caixin Media, em parceria com a Markit Economics, caiu de 49,7 em março para 49,4 em abril. Na Europa, a Comissão Europeia divulgou relatório em que projetou que a zona do euro e a União Europeia cresceram levemente menos que o esperado anteriormente e destacou a desaceleração da China e tensões geopolíticas ao redor do mundo. Os balanços corporativos também não ajudaram as bolsas. Depois de mais de 70% das companhias do índice S&P 500 terem divulgado seus números trimestrais, os resultados estão a caminho de cair 7,3% no primeiro trimestre, de acordo com a FactSet. A Halliburton informou nesta terça-feira que seu prejuízo aumentou para US$ 2,41 bilhões (US$ 2,81 por ação) nos três primeiros meses deste ano, de US$ 643 milhões (US$ 0,76 por ação) um ano antes. Por outro lado, Pfizer e CVS Health informaram resultados acima das estimativas. As ações da Pfizer subiram 2,7% e as da CVS avançaram 2,4%. Fonte: Dow Jones Newswires

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso