X
X

Diário da Região

18/02/2015 - 19h38min

Nova York

Bolsas de Nova York fecham perto da estabilidade

Nova York


As bolsas dos EUA fecharam perto da estabilidade nesta quarta-feira, 18, com os índices Dow Jones e S&P-500 em leve baixa e o Nasdaq em leve alta. O dia foi marcado pela divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), que mostrou que "muitos" participantes disseram que uma elevação prematura das taxas de juro prejudicaria a economia, enquanto "vários" afirmaram que demorar muito traria o risco de aceleração da inflação.

Os indicadores divulgados pela manhã saíram fracos: o número de construções de novas moradias iniciadas em janeiro caiu 2,0% em relação a dezembro, para a taxa anualizada de 1,065 milhão de unidades; o número de permissões concedidas para novas construções de moradias recuou 0,7%. O índice de preços ao produtor recuou 0,8% em janeiro, quando a expectativa era uma queda de 0,4%; o núcleo do índice, que exclui preços de energia e alimentos, recuou 0,1%, quando a expectativa era uma alta de 0,1%. A produção industrial dos EUA cresceu 0,2% em janeiro, quando a expectativa era uma expansão de 0,4%; a de dezembro foi revisada para -0,3%, de -0,1%.

Os dirigentes do Fed "estão mais inclinados a manter as taxas de juro baixas por mais tempo. Isso ainda é um cenário bom para as ações", disse o estrategista Sean Lynch, do Wells Fargo Financial Institute. Para Anwiti Bahuguna, gestora de carteira da Columbia Management, a chave para o mercado de ações no longo prazo será o ritmo com que o Fed elevará as taxas de juro. Ela disse que o Fed "não tem espaço para apertar muito, porque a recuperação econômica ainda é frágil. Se houver apenas duas elevações das taxas de juro até o fim do ano, o movimento de alta vai continuar".

As ações da ExxonMobil caíram 2,19%, em reação ao informe de que a Berkshire Hathaway, de Warrn Buffet, e o Soros Fund Management, de George Soros, venderam todas as ações que tinham da empresa no quarto trimestre. As da McDonald's subiram 0,24% e as da Coca-Cola recuaram 0,19%, depois da notícia de que a Fundação Bill e Melinda Gates vendeu toda a sua participação nas duas empresas.

O índice Dow Jones fechou em queda de 17,73 pontos (0,10%), em 18.029,85 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 7,09 pontos (0,14%), em 4.906,36 pontos. O S&P-500 recuou 0,66 ponto (0,03%), para fechar em 2.099,68 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso