X
X

Diário da Região

04/01/2016 - 17h14min

São Paulo

Bolsas da Europa fecham em queda em meio a preocupações com a China

São Paulo

Os principais índices acionários europeus recuaram fortemente nesta segunda-feira, 4, pressionados por uma liquidação no mercado acionário da China. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o pregão em queda de 2,50%, aos 356,66 pontos. Embora o cenário para as ações europeias em 2016 seja positivo, o primeiro pregão do ano terminou no vermelho após a turbulência na China, onde o índice de gerentes de compras (PMI) industrial de dezembro indicou que o setor se manteve em contração pelo décimo mês seguido. O dado pressionou as ações chinesas e levou ao acionamento do circuit breaker local após o índice que acompanha as 300 principais ações listadas em Xangai e Shenzhen recuar 7%. Dados europeus e norte-americanos não mudaram o cenário. O PMI industrial da zona do euro subiu de 52,8 em novembro para 53,2 em dezembro, maior nível desde abril de 2014. Já o PMI da indústria da Alemanha subiu de 52,9 para 53,2 em dezembro, maior nível em quatro meses. Enquanto isso, o índice de preços ao consumidor (CPI) da Alemanha diminuiu 0,1% na preliminar de dezembro, contrariando a previsão de alta de 0,2%. Indicadores divulgados nos EUA também vieram fracos. O índice DAX, da bolsa de Frankfurt, foi um dos mais atingidos pelo mau humor vindo da China. A bolsa alemã fechou em queda de 4,28%, aos 10.283,44 pontos. Os destaques negativos foram as ações da RWE, que recuaram 7,09%, e os papéis da E.ON, com queda de 6,11%. Já o FTSE-100, de Londres, encerrou em queda de 2,39%, aos 6.093,43 pontos, pressionado também pelo PMI industrial local de dezembro, que foi a 51,9, de 52,5 em novembro. O setor de mineração foi o mais prejudicado. Glencore caiu 5,76% e Rio Tinto, 3,89%. Em Paris, o índice CAC-40 recuou 2,47%, para 4.522,45 pontos. Investidores citaram também o aumento das tensões entre a Arábia Saudita e o Irã para o mau andamento dos negócios hoje. Em Milão, o FTSE-Mib recuou 3,20%, com destaque para a queda do segmento de artigos de luxo. Yoox Net-A-Porter caiu 7,06%, enquanto Salvatore Ferragamo perdeu 5,01%. Em Madri, o Ibex-35 recuou 2,42%, para 9.313,20 pontos, e em Lisboa o PSI-20 caiu 1,54%, para 5.231,14 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso