X
X

Diário da Região

08/10/2015 - 13h52min

São Paulo

Bolsas da Europa fecham em leve alta, impulsionadas por ata do BCE e petróleo

São Paulo

As principais bolsas da Europa encerraram o pregão desta quinta-feira, 8, em leve alta, impulsionadas pela ata da última reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) e pela aceleração dos preços do petróleo. O pregão, no entanto, foi marcado pela volatilidade. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,19%, para 361,61 pontos. A ata da última reunião de política monetária do BCE mostra que os dirigentes avaliam que há "riscos elevados de baixa da inflação" e também que as incertezas vindas da China são maiores. O documento diz ainda que, se necessário, "é importante comunicar a disposição de adotar mais estímulos". Esse trecho, especificamente, alimentou a expectativa entre os investidores de que a instituição pode ampliar suas medidas para dar apoio à recuperação econômica, o que deu suporte aos ganhos acionários na Europa. Por outro lado, a sessão foi marcada pela cautela e volatilidade, enquanto o mercado espera pela ata do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), que vai ser divulgada às 15h (de Brasília). Na meia hora final do pregão, as bolsas acabaram se firmando no terreno positivo, ajudadas pelo salto dos preços do petróleo. Assim, as ações do setor se destacaram entre os principais ganhos do continente. Os papéis da italiana ENI subiram 1,24% e os da britânica Royal Dutch Shell (tipo A) avançaram 1,12%. A bolsa de Milão terminou em alta de 0,68%, aos 22.156,74 pontos, e a de Londres ganhou 0,61%, encerrando em 6.374,82 pontos. Em Frankfurt, a maior alta foi da Lufthansa (+4,21%), depois de o banco RBC elevar a recomendação para as ações do setor. Por outro lado, as ações do Deutsche Bank caíram 1,77%, pressionadas pelo anúncio de baixa contábil de 5,8 bilhões de euros. O índice DAX subiu 0,23%, para 9.993,07 pontos. Em Paris, as ações de bancos foram penalizadas pela baixa contábil do Deutsche Bank - Société Générale caiu 1,30% e BNP Paribas cedeu 1,11%. Por outro lado, os papéis da ArcelorMittal subiram 1,28%. O índice CAC-40 avançou 0,18%, para 4.675,91 pontos. O índice IBEX-35, da bolsa de Madri, subiu 0,11%, para 10.181,20 pontos. Na contramão, a bolsa de Lisboa recuou 0,03%, para 5.495,22 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso