X

Diário da Região

01/08/2014 - 13h31min

São Paulo

Bolsas da Europa caem com ajustes de investidores

São Paulo


As bolsas europeias contabilizaram mais um dia de quedas acentuadas, diante da venda maciça de ações após uma temporada desestimulante de balanços e preocupações com uma possível alta dos juros nos EUA antes do esperado. Os investidores mantêm cautela frente às tensões geopolíticas, que não mostram sinais de dissipação.

O índice Stoxx Europe 600 fechou com retração de 1,22%, acumulando perda de mais de 3% nesta semana.

Na bolsa de Frankfurt, o índice DAX caiu 2,10%, para 9.210,08 pontos, acompanhado pelo CAC-40, da bolsa de Paris, que baixou 1,02%, para 4.202,78 pontos. O FTSE-100, da bolsa de Londres, recuou 0,76%, para 6.679,18 pontos, e o FTSE-MIB, de Milão, perdeu 1,01%, aos 20.362,41 pontos.

Em Madri, o Ibex-35 teve desvalorização de 1,80%, fechando aos 10.514,00 pontos, enquanto em Lisboa o PSI-20 recuou 3,04%, para 5.797,67 pontos.

As ações do Banco Espírito Santo (BES), negociadas em Lisboa, perderam mais 40,30% nessa sessão e tiveram as operações suspensas, com o aprofundamento das preocupações sobre a saúde financeira da instituição, em meio à crise que atinge todo o grupo. Hoje, a Espírito Santo Financière (ESFIL) também pediu concordata junto a Tribunais do Luxemburgo por não ter condições de arcar com seus compromissos.

Apesar dos dados positivos da economia chinesa, as ações das mineradoras Rio Tinto e BHP Billiton registraram perdas na Bolsa de Londres, de 1,11% e 0,86%, respectivamente. O índice dos gerentes de compras (PMI) industrial da China, medido pelo HSBC, subiu para 51,7 em julho, de 50,7 em junho, situando-se no maior patamar em 18 meses.

As incertezas quanto ao impacto das sanções à Rússia continuam afetando os papéis de companhias alemãs. A Adidas perdeu mais 1,78% nesta sessão, e fortes desvalorizações foram contabilizadas por diversas empresas, como Linde (3,76%), Merck (3,63%), E.On (3,79%) e Bayer (3,22%).

Para o estrategista-chefe da Pictet Asset Management, Luca Paoli, já era esperado um ajuste no mercado diante da previsão de mudança na política monetária dos EUA. No longo prazo, porém, ele acredita que o mercado acionário europeu manterá trajetória ascendente.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso