X

Diário da Região

03/06/2015 - 00h00min

LAZER & BUSINESS

Automóvel Clube terá resort para turismo de negócios

LAZER & BUSINESS

Hamilton Pavam Presidente do Automóvel Clube, Ronaldo Alcântara, na área em que o resort será construído. “É um espaço que estava sem uso.
Presidente do Automóvel Clube, Ronaldo Alcântara, na área em que o resort será construído. “É um espaço que estava sem uso."

Rio Preto vai ganhar um resort em breve. O Automóvel Clube está desenvolvendo, em parceria com a Tuti Negócios Inteligentes, o AC Resort, um projeto que ocupará 23 mil metros quadrados de área construída no clube de campo do Automóvel com um investimento total de cerca de R$ 120 milhões.

No espaço, serão construídos 510 apartamentos em duas etapas, 255 na primeira e os 255 restantes na segunda. Além disso, na primeira etapa, será construído um restaurante, um lobby com recepção e lojas comerciais e um centro de convenções com capacidade para 1,2 mil pessoas em formato de auditório. Para a segunda etapa, além dos outros apartamentos, estão nos planos um novo restaurante e um estacionamento.

“Nossa intenção é conseguir acomodar esse turismo de negócios pelo qual Rio Preto é conhecida. Queremos atender esse público durante a semana, um público que tem dificuldade de encontrar um lugar em Rio Preto que atenda a suas necessidades, principalmente pela falta de um espaço de eventos”, afirma Ronaldo Alcântara, presidente do Automóvel Clube.

Segundo o diretor presidente da Tuti Negócios Inteligentes, Caia Piton, pelo tamanho de Rio Preto e pela sua influência em cidades da região, passou da hora da cidade ter seu centro de convenções.

“Durante nossos estudos, vimos que já se discute há anos a construção de um espaço que possa receber esse tipo de evento para um grande público. É uma necessidade que queremos aplacar com o novo projeto. Hoje, no interior do Estado, acredito que apenas Campinas tenha um hotel voltado para convenções”, diz.

Além da construção do hotel, dos restaurantes e do centro de convenções, a implantação do resort na área do clube de campo do Automóvel contribuirá para a revitalização do espaço de lazer que já existe.

“Os quiosques, as piscinas, toda a área já existente será renovada, trazendo ainda mais benefícios para o associado, que poderá usufruir de todo esse espaço sem nenhum custo a mais”, afirma Piton.

Para o presidente do Automóvel Clube, Ronaldo Alcântara, o resort será uma grande opção de investimento na região. “Além de grandes benefícios para os nossos associados, o fator do investimento é um dos mais importantes. O mercado de turismo e hotelaria na nossa região é muito forte, e a tendência é que cresça ainda mais com esse projeto grandioso”, explica.

E essa oportunidade de investimento se estenderá para os associados, que poderão ter vantagens na hora de comprar apartamentos, explica Alcântara. “Estamos estudando condições especiais para que o associado tenha a oportunidade de adquirir um apartamento, caso queira. E com a venda desses conseguiremos a entrada de um valor substancial no caixa do clube, trazendo uma tranquilidade.”

Além disso, o projeto ajudará a valorizar ainda mais o título dos associados, garante o presidente. “Estamos rejuvenescendo e repaginando o clube.”

Para o diretor presidente da Tuti Negócios Inteligentes, a abertura do espaço para a construção do resort também trará um impacto positivo nas finanças do clube, que poderá capitalizar com uma área que hoje está inutilizada. “A ideia básica do projeto surgiu para viabilizar a sustentabilidade econômica do clube sem tirar suas características.”

O resort será construído em forma de permuta, com o Automóvel Clube cedendo o espaço e a Tuti Negócios Inteligentes como responsável pelo projeto. No final, o Automóvel terá um retorno de 16% das unidades. Os apartamentos deverão custar entre R$ 250 mil e R$ 270 mil.

Agora, o projeto aguarda a aprovação do Conselho Deliberativo do Automóvel Clube, que se reúne no próximo dia 16, para, em seguida, buscar autorização dos órgãos competentes e dar início às obras. Com tudo encaminhado, as obras para a primeira fase terão início e deverão levar de 36 a 48 meses para ficarem prontas.

Para a segunda fase o prazo será o mesmo, de 36 a 48 meses para conclusão a partir do início das obras.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso