Diário da Região

22/06/2012 - 08h02min

Polêmica no ar

‘Apagão analógico’ gera divisão entre TVs e teles

Polêmica no ar

Pierre Duarte Secretário não disse número de novos radares: ?estaria chutando?
Secretário não disse número de novos radares: ?estaria chutando?

Faltando quatro anos para o término do prazo no qual as emissoras de TV terão de migrar todas as suas transmissões para o formato digital, o governo admitiu pela primeira vez a possibilidade de adiar o chamado “apagão analógico” para depois de 2016. Embora a data esteja mantida, essa alternativa agrada os canais de televisão, mas preocupa as companhias de telecomunicações, que esperam poder ocupar esse espectro com serviços de banda larga.


No 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão - organizado pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e realizado nesta semana em Brasília -, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, reconheceu que a migração das transmissões de TV para o modelo digital tem sido mais lenta que o esperado e sinalizou que o governo poderá tolerar as transmissões analógicas por mais tempo, até que a maioria da população possa adquirir os conversores de sinal.


O problema é que a faixa de 700 megahertz (MHz), utilizada no modelo analógico de TV, é disputada pelos próprios radiodifusores e pelas empresas de telecomunicações, que querem aproveitar a frequência para aumentar suas redes de internet banda larga e telefonia. Os dois lados pressionam o governo por uma definição sobre o chamado “dividendo digital”, mas a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já avisou que essa decisão não sairá ainda em 2012.


Enquanto isso, um extenso relatório preparado pela GSMA - uma espécie de consultoria global do setor de telecomunicações - destaca que o Brasil estaria perdendo espaço na quarta geração de telefonia (4G) para outros países latino-americanos, como México, Uruguai, Argentina e Colômbia, que já destinaram os 700 MHz às teles.


De Xangai, o diretor da GSMA para a América Latina, Sebastian Cabello, disse ontem à Agência Estado que a frequência da TV analógica é fundamental para complementar as faixas de 4G de 2,5 gigahertz (GHz) arrematadas pelas operadoras no leilão realizado pela Anatel na semana passada. “Por ser uma frequência mais baixa, o 700 MHz precisa de muito menos antenas e seria ideal para ampliar a cobertura de quarta geração em um país extenso como o Brasil”, afirmou o executivo.


Para Cabello, as emissoras de TV querem manter a faixa sob seu controle porque têm medo da disputa com as transmissões de vídeo proporcionadas pelos celulares 4G. “Com a popularização dessa tecnologia, as receitas de publicidade acabarão sendo divididas. Mesmo assim, haverá espaço para os dois serviços. O que não pode acontecer é a prorrogação dessa barreira à banda larga.”


Migração


Fontes do governo avaliam que um dos maiores desafios até 2016 no setor é viabilizar a migração para o padrão digital de mais de 10 mil retransmissoras espalhadas pelo País. Para evitar atrasos no fim das transmissões analógicas, o Ministério das Comunicações já discute com o BNDES a criação de uma linha de financiamento especial para esse grupo.


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso