X
X

Diário da Região

03/03/2017 - 13h29min

São Paulo

Alckmin diz que teria feito reforma da Previdência em 2016, antes da PEC do teto

São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, 3, que a reforma da Previdência enviada pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB), ao Congresso Nacional precisa ser "discutida, debatida e aperfeiçoada". Ao ressaltar que a reforma é necessária e urgente, o governador falou que, se estivesse no lugar de Temer, teria encaminhado a proposta antes da PEC do teto de gastos, no ano passado. "A reforma da Previdência é necessária. Eu até teria feito no ano passado. Ao invés de votar a PEC do teto, eu teria feito primeiro a reforma da Previdência e este ano a PEC do teto, mas são duas reformas importantes", disse o governador, durante uma cerimônia de inauguração de obras de reforma do Complexo Hospitalar Padre Bento, em Guarulhos. No ano passado, antes que o teto de gastos fosse aprovado pelo Congresso, Alckmin chegou a dizer que a proposta de Temer poderia acabar com o investimento público no País. Alckmin disse que alguns pontos da reforma da Previdência precisam ser discutidos. Ele defendeu que o salário mínimo seja mantido como piso. Pela proposta de Temer, pensões por morte se desvincularão do salário mínimo. "Se o salário é mínimo, como você vai ter alguém ganhando menos? Não há essa hipótese", disse o governador. O tucano reforçou que é preciso mexer nas regras da Previdência para o setor público, argumentando que no regime geral do INSS ninguém ganha mais que R$ 5 mil, enquanto que no setor público o mais pobre paga por aposentadorias e pensões de R$ 40 mil de alguns. "É um Robin Hood às avessas. Precisa corrigir isso", disse. Reforma trabalhista Alckmin também defendeu a reforma trabalhista, que está igualmente em discussão no Congresso. Ele disse que a tecnologia e as modernização nas empresas e no campo exigem uma atualização da legislação, considerada por ele como "ultrapassada".

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso