Diário da Região

16/07/2015 - 00h00min

ESPETÁCULO

Peça aborda o universo do migrante

ESPETÁCULO

Vânia Freixo/Divulgação Escrita por Luís Alberto de Abreu, “Borandá” é encenada pela Fraternal Companhia de Arte e Malas Artes,
Escrita por Luís Alberto de Abreu, “Borandá” é encenada pela Fraternal Companhia de Arte e Malas Artes,

A premiada peça“Borandá”, da Fraternal Companhia de Arte e Malas Artes, de São Paulo, que mergulha nas experiências humanas dos migrantes a partir de relatos coletados pelo grupo, é a atração deste final de semana, no Teatro do Sesi Rio Preto.

O espetáculo foi escrito por Luís Alberto de Abreu, e lhe rendeu um Prêmio Shell de Melhor Autor, em 2003. A direção é de Ednaldo Freire. “É um trabalho que vai se aperfeiçoando, e ficando cada vez mais gostoso de fazer”, diz o ator Aiman Hammoud, em entrevista ao Diário. Ele divide o palco com os atores Mirtes Nogueira, Carlos Mira e Fábio Takeo.

O processo de construção do espetáculo envolveu uma série de entrevistas que a trupe fez com 15 famílias de migrantes, moradoras da zona sul de São Paulo. A partir das informações colhidas, foram criadas três sagas teatrais de migrantes que vivem na capital paulista, por meio dos personagens Tião Cirilo, João de Galatéia e Maria Déia.

O objetivo do trabalho foi refletir sobre a cultura e os valores de uma população que tem alterado o perfil das metrópoles, principalmente em sua periferia. A peça é construída a partir de elementos do teatro narrativo, e compõe um painel épico do homem e da mulher migrantes. “Muitas das histórias são comuns - o estranhamento, a comida, os costumes”, diz Hammoud. Com elementos mínimos de cena, os atores respondem pelos vários personagens que apresentam as três sagas.

A primeira delas, intitulada Tião, busca traçar o perfil geral do migrante - seu processo de adaptação ao mundo industrial e urbano, a substituição de uma vida e de uma cultura rurais, regidas pelos ciclos da natureza, por um regime de trabalho contínuo, muitas vezes alienante.

A segunda saga, Galatéia, refaz a trajetória mítica dos heróis cômicos populares, que são obrigados a sair de sua terra de origem em busca de algo que lhes foi tirado. A terceira e última saga, Maria Déia, traz como protagonista a personagem feminina dentro do processo migratório. Nas palavras do dramaturgo, é uma saga dramática, “que fecha e tenta organizar e dar sentido à trajetória migrante: uma história de exclusão em seu local de origem e local de destino, perda de identidade e, muitas vezes, inconsciência do sentido e valor da própria trajetória”.

Formanda em 1993, a Fraternal surgiu com o objetivo de pesquisar os elementos da comédia popular brasileira, e se pauta pela busca constante de uma estética que parte da necessidade de fazer uma comunicação direta com o público.

Serviço:

“Borandá”, da Fraternal Companhia de Arte e Malas Artes, sábado, às 20 horas, e domingo, às 19 horas, no Teatro do Sesi Rio Preto. Entrada gratuita. É possível reservar os ingressos pelo www.sesisp.org.br/ meu-sesi. Os ingressos remanescentes serão distribuídos uma hora antes do início da peça. Informações: (17) 3224-2499

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso