X
X

Diário da Região

02/10/2015 - 00h00min

O fetiche pela trincheira

Filmes de guerra inspiram o espetáculo "War"

O fetiche pela trincheira

Divulgação Luís Fernando Lopes, Ronaldo Celeguini e Alexandre Manchini Jr., fundadores da Companhia para Pessoas Solitárias, de Bady Bassitt e “soldados-atores” da peça “War”, que estreia hoje com duas sessões no teatro do Sesc: ironias e tensão sobre a guerra usando de referência inúmeras produções do cinema americano
Luís Fernando Lopes, Ronaldo Celeguini e Alexandre Manchini Jr., fundadores da Companhia para Pessoas Solitárias, de Bady Bassitt e “soldados-atores” da peça “War”, que estreia hoje com duas sessões no teatro do Sesc: ironias e tensão sobre a guerra usando de referência inúmeras produções do cinema americano

A guerra enquanto mercadoria de entretenimento, a violência enquanto fetiche e o teatro enquanto ferramenta para refletir sobre esses e outros aspectos ligados aos conflitos armados que marcaram com sangue e mortes inúmeros capítulos da história da humanidade. "War", primeiro espetáculo da recém-criada Companhia para Pessoas Solitárias, sediada em Bady Bassitt, explora com boas doses de ironia e tensão o custo social e psicológico da guerra, seja o conflito entre povos ou a batalha cotidiana de cada indivíduo pela sobrevivência num mundo marcado por uma constante disputa.

 

Luís Fernando Lopes, Ronaldo Celeguini e Alexandre Manchini Jr. 2 - 02102015

Viabilizado pelo fomento do edital de primeiras obras do Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria Estadual de Cultura, "War" faz sua estreia hoje à noite, com duas apresentações, no teatro do Sesc Rio Preto. Conforme o ator Ronaldo Celeguini, que fundou o grupo ao lado de Alexandre Manchini Jr. e Luís Fernando Lopes, o espetáculo é fruto de uma pesquisa sobre o processo de glamorização da violência desencadeado pelos filmes de guerra de Hollywood. 

As referências a inúmeras produções do cinema norte-americano permeiam o jogo criado pelo trio de atores, que no palco vivem soldados isolados em um floresta. Juntos, os três soldados encaram inúmeras situações típicas desse universo, como a morte do companheiro no campo de batalha, a disputa de poder dentro da hierarquia militar e, sobretudo, o bizarro prazer construído pelo homem em torno da violência.

Em sua crítica, o sistema sobrepõe o homem, e a figura do soldado é evidenciada não como o culpado, mas como mais uma vítima desse processo de luta pelo poder. O Diário acompanhou o último ensaio geral de "War" antes da estreia, em um barracão alugado pelo grupo em Bady Bassitt para o processo de construção do espetáculo. 

Ironia e tensão temperam a crítica lançada pelo grupo, que consegue arrancar risadas com situações sérias do cotidiano de batalha com a mesma intensidade que instaura o medo, como numa cena em que um soldado, faminto depois de dias e dias pela floresta, come a carne do companheiro que acabara de morrer, insistindo que o outro soldado faça o mesmo.

A dramaturgia do espetáculo foi construída a partir de improvisações feitas pelo trio de atores, que mergulharam nas tramas dos mais variados filmes sobre guerra, de Francis Ford Coppola ("Apocalypse Now") a Ben Stiller ("Trovão Tropical"). 

A encenação contou com a contribuição dos diretores Roger Valença, que já fez parceria com Manchini Jr. no espetáculo "Coagula", do Núcleo Arcênico de Criações; e Luiz Fernando Marques, do Grupo XIX de Teatro, que veio a Rio Preto por meio do projeto Laboratório Cênico, do Sesc. A temporada de estreia de "War" passará ainda pelas cidades de Votuporanga (dias 6 e 7), Bady Bassitt (dias 13 e 14), Garça (dias 24 e 25) e Bauru (7 e 8 de novembro). 

Serviço

  • Estreia de "War", da Cia. para Pessoas Solitárias. Hoje, às 18h58 e às 21h12. Teatro do Sesc Rio Preto. Gratuito (retirada de ingressos com uma hora de antecedência)

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso