Diário da Região

14/05/2011 - 00h50min

Efeito cinderela

Virada Cultural Paulista transforma Rio Preto

Efeito cinderela

Divulgação Paulo Miklos, Sergio Britto, Tony Bellotto e Branco Mello: especula-se sobre a volta de Arnaldo Antunes, Nando Reis e Charles Gavin para projeto especial em 2012
Paulo Miklos, Sergio Britto, Tony Bellotto e Branco Mello: especula-se sobre a volta de Arnaldo Antunes, Nando Reis e Charles Gavin para projeto especial em 2012

Quando o relógio marcar 18 horas, Rio Preto e outras 22 cidades do Interior viverão uma espécie de “efeito Cinderela”, promovido pela Virada Cultural Paulista. A Virada Cultural, em São Paulo, ocorreu entre os dias 16 e 17 de abril.


Para o secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, é importante que as datas não coincidam para que os moradores da Capital tenham a oportunidade de aproveitar os eventos de outros municípios e vice-versa.


Desta vez, serão cerca de 800 atrações gratuitas de teatro, música, dança, circo e cinema, que ficam sob os holofotes durante 24 horas, entre hoje e amanhã. Inicialmente, previa-se que esse número chegasse a mil. “As quantidades estão adequadas aos locais e à duração de cada atividade. Não temos um número fixo, o importante é que funcione.”


A maratona rio-pretense será feita pelo quinto ano consecutivo e terá 40 opções culturais. Se em São Paulo a programação se concentra no Centro, cumprindo papel essencial na revitaliza-ção da região, por aqui, boa parte das apresentações é realizada no anfiteatro “Nelson Castro”, às margens da Represa, consolidando a vocação cultural do espaço.


“É difícil estimar quantas pessoas devem aproveitar a grade, porque o público é flutuante”, diz o secretário municipal, Antonio Carlos Parise. Segundo ele, cerca de 60 policiais militares, guardas municipais e seguranças particulares devem garantir a tranquilidade da população tanto no palco externo quanto no Teatro Municipal “Humberto Sinibaldi Neto”, no Cine Eldorado e no Sesc.


Outra medida da Prefeitura foi a interdição da avenida Duque de Caxias, em frente à Swift, durante esse período. Desde o dia 5 de março, o Diário da Região publicou semanalmente perfis com os artistas que desembarcam na cidade, entre os quais os da cantoras Luiza Possi, da companhia de dança Cisne Negro, que traz os espetáculos “Forrolins”, “Sabiá” e “Calunga”, e da banda norte-americana Pink Martini, que vem ao Brasil pela primeira vez.


Também merece destaque Kaoll & Lanny Gordin, banda liderada pelo guitarrista Lanny Gordin. que agita o público no Sesc. O grupo revela um trabalho autoral pautado em elementos da música brasileira e psicodélica universal, influenciados por artistas dos anos 1960 e 1970, como Pink Floyd e Jimi Hendrix, além de representantes do Movimento Tropicalista.


Outros locais


Também participam da Virada Araçatuba, Araraquara, Assis, Botucatu, Campinas, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara d’Oeste, Santos, Santo André, São Carlos, São João da Boa Vista, São José dos Campos e Sorocaba. No ano passado, mais 1,6 milhão de pessoas conferiram o evento no Estado. A expectativa para 2011 é atrair o mesmo público. O orçamento é de R$ 6 milhões.


Serviço


5ª Virada Cultural Paulista. Das 18h de hoje às 18h de amanhã. Informações www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br

Divulgação  

Canções fazem crônicas do cotidiano

A banda paulistana Danilo Moraes e os Criados Mudos mostra em primeira mão seu show homônimo hoje, às 22h30, no Teatro Municipal “Humberto Sinibaldi Neto”, em Rio Preto, pela Virada Cultural Paulista 2011. O CD chega às lojas na próxima semana e o show oficial de lançamento está marcado para o dia 30 de junho, no Sesc Pompeia, em São Paulo.Esse projeto, feito por Danilo Moraes (voz e guitarra), Guilherme Kastrup (bateria, percussão e MPC) e Zé Nigro (baixo e teclado), surgiu em 2009 e traz 12 composições inéditas, assinadas pelo líder em parceria com nomes da música popular brasileira, como Rodrigo Campos, Anelis Assumpção, Thalma de Freitas, Giba Nascimento, Chico Salem (guitarrista da banda de Arnaldo Antunes), Zeca Baleiro e Chico César. As canções têm letras bem humoradas e crônicas do cotidiano do jovem de classe média que vive na metrópole. Se a formação com guitarra, baixo e bateria faz pensar em uma obra de rock, o uso de sintetizador e sampler garante timbres ecléticos, que podem ser traduzidos de forma alegre ou melancólica, mas sempre com um toque urbano e doce. Destaque para “Mais um Lamento”, escrita a quatro mãos com a amiga de infância Céu e gravada por ela em 2005, que reaparece neste novo álbum.
Saiba mais:
‘Insensato Coração’ ganha dois discos da trilha sonora internacionalDepois de lançar as trilhas sonoras de samba e de músicas nacionais da novela “Insensato Coração”, da Globo, a Som Livre apresenta os CDs “Insensato Coração Internacional”, volumes 1 e 2. O repertório traz canções de artistas como Katy Perry, Kylie Minogue, Bruno Mars, Elvis Presley, Jorge Drexler, James Blunt e Lady Antebellum. Aviões do Forró lança CD e DVD com participação de Ivete SangaloA banda Aviões do Forró acaba de lançar seu segundo DVD e oitavo CD, “Ao Vivo em Salvador” (Som Livre), gravado no ano passado, diante de 70 mil pessoas. Destaque para as participações especiais de Ivete Sangalo e Dorgival Dantas. O forró-pop está garantido com as inéditas “Chover Canivete” e “Boate do Avião”, além de sucessos como “Agora Chora”. Dois representantes paulistas disputam fase final do programa ‘Ídolos 2011’Foram definidos os 15 finalistas do reality show “Ídolos 2011”, da Record. Dentre eles, estão dois paulistas: Hellen Caroline, 24 anos, de Taubaté, e Higor Rocha, 16, da Capital. O Estado com mais representantes é Minas Gerais, com quatro. Na próxima quinta-feira, cinco participantes deixam o programa, que será exibido ao vivo. Paul McCartney pode escrever canção para próximo trabalho de cantora francesaSegundo o jornal “Le Parisien”, o ex-beatle Paul McCartney teria aceitado escrever uma canção para o quarto álbum da atriz e cantora francesa Charlotte Gainsbourg, filha de Serge Gainsbourg. O trabalho começará a ser gravado em junho, em Paris, e deve ser lançado em 2012. A Because Music aguarda a letra para fazer o anúncio da parceria. ________________________________________________________________________

Hamilton Pavam Grupo Abis-Surdo, da Casa de Cultura, criou performance para despertar público para a Virada

Titãs é escalado para o ‘grand finale’ da Virada

Para compensar o baixo apelo popular da Virada Cultural Paulista em Rio Preto no ano passado, a organização do evento traz Titãs para o encerramento, amanhã, às 17 horas, no Anfiteatro “Nelson Castro”, às margens da Represa. O espaço tem capacidade para cerca de 6 mil espectadores e, ao que tudo indica, deve lotar à espera do quarteto. A banda, que estreou oficialmente em 1982, em São Paulo, reinventa-se no palco com o repertório de “Sacos Plásticos” (2009), recheado de canções inéditas. “Como diziam os Stones, pedra que não rola cria musgo. Ou seja, é preciso se renovar para permanecer”, diz o guitarrista e compositor Tony Bellotto, em entrevista ao Diário da Região.Neste disco, em parceria com o produtor Rick Bonadio, a banda retoma experiências com programações eletrônicas, como havia feito nos discos fundamentais de sua trajetória nos anos 1980, “Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas” (1987) e “Õ Blesq Blom” (1989). A técnica está presente, por exemplo, nos arranjos da faixa-título, assim como nos de “Amor por Dinheiro”, “Quanto Tempo”, “Agora Eu Vou Sonhar” e “Múmias”.Outra característica interessante é que os titânicos voltam às origens e assumem o controle de todos os instrumentos. Assim, Branco Mello fica no baixo e Paulo Miklos na guitarra. Em algumas músicas cantadas por Mello, Sérgio Britto (responsável pelo trabalho gráfico do CD) também toca baixo, garantindo frescor à formação.Os ingredientes de sempre também podem ser observados - letras diretas sobre o amor, o consumismo e as contradições do mundo contemporâneo, e misturas rítmicas, que incluem rock, reggae, funk, punk e pop. “O público pode esperar Titãs em voltagem máxima, hits de todas as eras, desde ‘Sonífera Ilha’ até ‘Porque Eu Sei que é Amor’, passando por ‘Bichos Escrotos’, ‘Flores’, ‘Polícia’, ‘Marvin’, ‘Homem Primata’, Epitáfio’, entre outros”, diz Bellotto, que, antes, passará com a banda por Piracicaba.Segundo ele, o grupo adora Rio Preto. A última vez que os Titãs visitaram a cidade foi em abril do ano passado, para uma apresentação no Sesc, já com Mário Fabre na bateria, substituindo Charles Gavin. “É uma relação de amizade, com forte atração sexual”, compara Bellotto. Atualmente, o grupo compõe e ensaia um novo projeto, mas ainda não definiu quem vai produzir. Prestes a completar três décadas de estrada, o quarteto se recusa a revelar detalhes do que vem por aí. Especula-se que os ex-integrantes Arnaldo Antunes (voz), Nando Reis (baixo) e Charles Gavin (bateria) poderiam voltar ao palco com os demais em 2012. “Adoraria falar, mas não posso. É segredo de Estado.” ServiçoTitãs. Amanhã, às 17 horas, no Anfiteatro “Nelson Castro”, em Rio Preto. Grátis. Mais informações: www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br Plateia especial prepara o ‘esquenta’Nada de bebidas alcoólicas e música alta. O “esquenta” para a Virada Cultural Paulista, em Rio Preto, será regado à arte. Nove alunos do curso avançado de teatro do Núcleo Municipal de Artes, da Casa de Cultura “Dinorath do Valle”, realizam uma performance hoje, ao meio-dia, na praça Rui Barbosa. O grupo, autointitulado Abis-Surdo, não é contratado para o evento.“Queremos promover uma reflexão poética sobre o despertar cultural”, explica a atriz Jaqueline Rosa, 31 anos. Os figurinos em preto e branco representam a mesmice do cotidiano da cidade, enquanto as flores naturais coloridas, que enfeitam o centro da ciranda e devem ser distribuídas aos pedestres, exprimem a eferves-cência do gênero.Durante a programação oficial, eles se reúnem novamente, desta vez como espectadores, para conferir juntos um pouco de tudo. “Quero assistir ao espetáculo ‘Shakespeare Amarrotado’, do grupo Caso de Matraca, de São Paulo. Eles trabalham com teatro de bonecos e precisamos suprir essa deficiência na nossa formação”, conta Jaqueline.A atriz Sudaria da Silva Roberto, 66 anos, que também integra a trupe local, está ansiosa para conhecer os grupos de dança escalados. “Já fui à Virada em outras ocasiões com meus amigos e minha família. Adoro artes e espero grandes espetáculos”, afirma. Outras tribos também se encontram nos points culturais.É o caso do jornalista Rodolfo Borduqui, 31 anos, e da técnica cultural Joice Zorzi, 27, que devem reunir pelo menos dez amigos cada para um roteiro entre a Represa e o Teatro Municipal, com breve intervalo para o sono. “A gente sempre vai encontrando gente pelo caminho. Pena que sempre temos de escolher. Pink Martini e a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana tocam no mesmo horário. Ainda não sei onde ir”, diz Rodolfo.Para Joice, essa é a oportunidade de acompanhar trabalhos alternativos, pouco difundidos no dia a dia, como o filme “Dzi Croquettes” (2009), de Tatiana Issa e Raphael Alvarez, que conta a história do grupo símbolo da contracultura na ditadura militar. “É imperdível”, indica.

   

Clique e confira a programação de Eventos & Shows em Rio Preto Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso