Diário da Região

11/12/2011 - 06h42min

Estreia

Texto de Dickens inspira peça de cia. rio-pretense

Estreia

Juliana Merengue/Divulgação “Somos caipiras e queremos falar do Natal dos brasileiros”, justifica o diretor Guido Caratori
“Somos caipiras e queremos falar do Natal dos brasileiros”, justifica o diretor Guido Caratori

Um conto natalino do inglês Charles Dickens (1812-1870) ganha versão dentro do universo caipira. A transposição é assinada pela Cia. Fábrica de Sonhos, de Rio Preto. O grupo estreia hoje, às 10h30, no Sesc de Catanduva, o espetáculo “Apenas Um Conto de Natal Caipira”. A entrada é gratuita. Outras duas datas estão agendadas. Dia 21 de dezembro, o espetáculo ocupa a praça Rui Barbosa, em Rio Preto, às 20 horas. No dia 22, chega à praça central de Mirassol, no mesmo horário.


O diretor da peça, Guido Caratori, explica que a montagem tem o intuito de abordar o espírito natalino no contexto da regionalização. “Somos caipiras com orgulho. Queremos falar do Natal do brasileiro, com folia de reis, música caipira.” A peça - concebida para ser encenada em espaços alternativos - é baseada em “Um Conto de Natal”, de Dickens. A obra é considerada um dos maiores clássicos natalinos. No conto inglês, o personagem Scrooge é um homem avarento, avesso ao Natal. A personalidade dele é bem diferente da de seu empregado, Bob, um homem pobre, que enfrenta problemas, mas é feliz.


No espetáculo da Fábrica, a história narrada é a do coronel BeneditoTomé, um velho fazendeiro rabugento e solitário, preocupado apenas com seus lucros. Ele detesta o Natal e a felicidade estampada nos rostos das pessoas por conta desta data. Já José do Espírito Santo, um ajudante do coronel nos serviços da fazenda, é um rapaz humilde, pai de quatro filhos. O caçula - Lucas do Espírito Santo - sofre de paralisia nas pernas. Diferente do patrão, José do Espírito Santo gosta do Natal e é um homem feliz.


A montagem mostra que, na véspera de um Natal, o coronel se depara com o fantasma de seu falecido sócio, Zacarias Serafim, que foi um homem cruel como Tomé. Serafim diz estar penando por ter sido uma pessoa má em vida e que o coronel pode ter o mesmo destino. Para reverter isso, Tomé receberá a visita de três espíritos - o Espírito do Natal Passado, o Espírito do Natal Presente e o Espírito do Natal Futuro. Cada um trará uma revelação ao coronel e a vida dele poderá ser mudada. “Queremos falar do espírito do Natal, da renovação do ser humano, não de uma data comercial”, diz Caratori.


Para retratar tudo isso, a companhia utiliza elementos simples, como uma guirlanda de corda, com folhagens que imitam as de café. Há também um baú em uma escada de dois metros. “Esses elementos se modificam ao longo da encenação, pois fazemos a apresentação em um formato de arena completa, em 360 graus.” Caratori explica como o grupo conseguiu associar Dickens à realidade do interior de São Paulo. “Dickens é universal. Fala da condição humana, não só de um personagem pontual.” O elenco é formado por Alcides Bernardi, Elison Pires, Jaqueline Rosa, Mariana Oliveira, Marcela Galhardo, Murilo Gussi, Paulo Meliorança e Nick Caratori.


Teatro infantil


O programa Teatro para Crianças, do Sesc Rio Preto, conta hoje com o espetáculo “Mãe D’água”, da Cia. Rodamoinho, de São Paulo. A peça conta o mito da mulher que vive nas águas e encanta os pescadores. A atração. gratuita, começa às 15h30.


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso