Diário da Região

19/11/2010 - 01h50min

Música

Tereza Gama vem ao Sesc para celebrar partido-alto

Música

Divulgação Cantora Tereza Gama: amor pelo samba flui desde a infância
Cantora Tereza Gama: amor pelo samba flui desde a infância

O vozeirão de Tereza Gama, 57 anos, evidencia suas raízes. Negra com orgulho e criada nos terreiros (atuais quadras) de escolas de samba da Capital, ela faz tributo aos bambas do partido-alto hoje, a partir das 21h, no Sesc Rio Preto, pelo projeto Vozes Femininas.


A cantora se considera agitada e, por isso, não tem paciência para as cordas. Prefere se expressar por meio do canto, da percussão e das expressões corporais. É nessa toada que segue seu primeiro CD, “Aos Mestres com Carinho”, de 2004, e a turnê em homenagem a sambistas como Candeia, Aniceto do Império, Clara Nunes, Dona Ivone Lara, Jamelão, Osvaldinho da Cuíca e Clementina de Jesus. O repertório tem “Cuidado Moço”, “Barracão É Seu”, “A Volta”, “Dedo na Viola”, “Partido na Cozinha”, entre outras canções.


“Tenho muito carinho e respeito pelos intérpretes e compositores que vi expandirem as vertentes do samba nos anos 70. Assim, não poderia deixar de me lembrar deles nessa oportunidade”, explica. Paralelamente à carreira solo, ela é a vocalista do Clube do Balanço há cerca de uma década.


A agenda é montada a partir de um “acordo de amigos” - quando ela segue sozinha para viagens longas, a banda faz show instrumental ou remarca a apresentação em uma data neutra. Até março, Tereza pretende tirar um novo projeto do forno. Trata-se de um CD e possível DVD com músicas autorais e regravações que valorizam o samba raiz.


“É como se diz, a gente vende o almoço para comprar a janta. Quero muito um CD e DVD, mas preciso conseguir dinheiro primeiro.” Duas dessas canções inéditas vão ser cantadas em Rio Preto - “A Sandália de Iaiá” e “Tempero”. “Tempero” foi criada em 2008, quando o Clube do Balanço participou de um festival em Cingapura e nunca foi ouvida no Brasil.


“Cada grupo apresentou um prato típico de seu País. O nosso foi a moqueca capixaba, muito bem aceita por sinal. Enquanto o Mattoli (voz e guitarra) preparava a receita, eu improvisei os versos.” O estilo partido-alto, assim como o samba de gafieira, o samba-rock, o samba-enredo e outros, deriva dos rituais religiosos disseminados pelos escravos africanos na época do Brasil Colônia com o uso de tambores, danças e frases melódicas.


Segundo a artista, o partido-alto pode ser considerado uma espécie de oração musicada, com um refrão e uma história espontânea do cotidiano. “Meu trabalho com o Clube do Balanço está mais focado no samba-rock. Sozinha eu consigo explorar melhor a pesquisa sobre outras denominações e continuar fazendo o que mais gosto”, afirma.


Serviço


Tereza Gama. Hoje, às 21h, no Sesc Rio Preto. Grátis. Mais informações pelo telefone (17) 3216-9300


Clique e confira a programação de Eventos & Shows em Rio Preto


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso