X
X

Diário da Região

30/01/2016 - 00h00min

Teatro

O ano promete para a Cia. Azul Celeste

Teatro

Guilherme Baffi Ensaio da peça A Ver Estrelas, com a presença dos atores e do diretor na sede da companhia rio-pretense. Montagem infantil é baseada no texto de João Falcão
Ensaio da peça A Ver Estrelas, com a presença dos atores e do diretor na sede da companhia rio-pretense. Montagem infantil é baseada no texto de João Falcão

O ano de 2016 promete ser de muito trabalho e de parcerias para a Cia. Azul Celeste, dentro e fora do palco. Além de estrear espetáculos, o grupo rio-pretense também comandará uma série de atividades formativas em sua sede, que vai ganhar novo endereço em maio. A Azul Celeste participa da montagem do espetáculo Quero Ser Preto, uma co-produção com o Núcleo Arcênico de Criações e o escritório de arte Casa de Criar que se propõe investigar o preconceito em suas mais diferentes formas na sociedade brasileira. 

Com estreia prevista para abril, o espetáculo reúne no palco o ator e diretor Alexandre Manchini Jr., a atriz Marina Rico e o artista visual juny kp!. “Sou responsável pelo roteiro e a direção do espetáculo. Temos ainda a supervisão coreográfica do paulistano Luiz Fernando Bongiovani”, explica Jorge Vermelho, fundador da Azul Celeste. Os figurinos são assinados por Cláudia Schapira e a parte técnica ficará a cargo de Elvis Leandro. Depois de uma promissora temporada com Mundomudo, entre 2014 e 2015, a Cia. Azul Celeste se volta ao público infantil neste ano com A Ver Estrelas, montagem do texto do dramaturgo João Falcão, escrito na década de 1980.

A história é do menino Jonas, que mora no Bairro da Solidão, onde todos os dias são iguais e nada de novo acontece. No entanto, ele descobre um mundo completamente novo ao começar as observar as estrelas. A Ver Estrelas, que deverá estrear em maio, tem a participação de Manchini Jr. e Marina, além dos atores Beta Cunha e Henrique Nerys. A Azul Celeste ainda conta com a assessoria conceitual de Marcelo Romagnoli, da Banda Mirim, de São Paulo. O figurino é de Luís Rossi.

Território do Hoje

Contemplada no Programa de Ação Cultural (Proac), no edital Território das Artes, de manutenção de grupos artísticos, a Azul Celeste coloca em prática neste ano o Território do Hoje. O projeto envolve atividades formativas e apresentações em sua nova sede, que passará para o Jardim Primavera, próximo à Represa. “Uma parte da programação será desenvolvida na atual sede e a outra no novo espaço. As obras estão a todo vapor. É um empenho muito grande. Estamos construindo com recursos próprios”, informa Vermelho.

O Território de Hoje envolverá oficinas de direção teatral (Georgette Fadel), dramaturgia (Cintia Alves), iluminação (Alexandre Manchini Jr.) e iniciação teatral (Beta Cunha). “Estamos finalizando o planejamento e definindo as datas de cada atividade.” Além das oficinas, o projeto também envolve a apresentação de Mundomudo, A Ver Estrelas, Quero Ser Preto e Olhar com Olhos Virgens, da Federação de Dança de Salvador (BA), do qual Vermelho assina a direção da montagem.

O que vem por aí

Quero ser preto
  • Coprodução da Azul Celeste, da Casa de Criar e do Núcleo Arcênico que falará sobre preconceito. Estreia em abril
A ver estrelas
  • Montagem da peça infantil de João Falcão. Estreia em maio
Território do Hoje
  • Atividades formativas e apresentações na sede da Cia. Azul Celeste. Início em março

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso