Diário da Região

21/12/2010 - 01h48min

Literatura

Professor defende Machado de Assis em Los Angeles

Literatura

Edvaldo Santos Após a participação na convenção, Faria intensifica estudo sobre literatura e direito na Ucla
Após a participação na convenção, Faria intensifica estudo sobre literatura e direito na Ucla

O rio-pretense Gentil de Faria, professor de literatura comparada da Unesp/Ibilce, participa a partir do dia 3 de janeiro, em Los Angeles, de um congresso promovido pela Associação Americana de Línguas Modernas (MLA), a maior e mais antiga entidade do gênero no mundo. O professor vai em defesa de Machado de Assis, na mesa-redonda que irá tratar da repercussão do relacionamento homem e animal na literatura lusófona.


O encontro, que marca a 126ª edição da convenção anual da MLA, segue até o dia 7 de janeiro. O trabalho selecionado foi “Quincas Borba: Cão e Filósofo”. Gentil conta que escolheu o escritor Machado de Assis (1939-1908) devido a sua genial criação do filósofo Quincas Borba, que dá o próprio nome a seu cão.


“Dentro da literatura brasileira, os casos mais célebres de cachorros-personagens são os de Quincas Borba e Baleia, célebre cachorra com do romance Vidas Secas, de Graciliano Ramos”, diz o professor. Gentil participa do evento com oito mil professores e estudiosos. Ele revela que “Quincas Borba”, continuação das “Memórias Póstumas”, não é só mais um romance clássico de Machado de Assis e da literatura brasileira.


A obra conta uma história linear que se tornou universal. O evento é uma oportunidade de confirmar esse dado e fazer uma análise da condição humana. “Aos poucos, Machado vai conseguindo a celebridade que merece. Meu trabalho representa uma contribuição neste sentido.” Machado conta a história de Rubião, provinciano professor que herda a fortuna do amigo Quincas Borba, sob a única condição de cuidar de seu cão, e parte rumo ao Rio de Janeiro em busca da vida encantada da corte.


De posse do dinheiro, ele vai à Capital gozar as delícias do mundo urbano e burguês. Na opinião do professor, participar do evento é o reconhecimento de uma carreira. “São 43 anos de magistério”, revela. Além disso, serve de estímulo para dar continuidade às pesquisas, é uma forma de incentivo aos profissionais rio-pretenses e mostra a qualidade do programa educacional de Rio Preto.


“Ser selecionado mostra que é possível participar de grande eventos de literatura, dentro e fora do Brasil, e que Rio Preto também está em pé de igualdade com universidades das capitais, com um programa de letras que é um dos melhores do Brasil. É uma seleção por mérito, ou seja, trabalho com rigor”, afirma. Essa não é a primeira vez que Gentil defende Machado de Assis em congressos fora do País. O professor rio-pretense participou em 2007, por exemplo, de um evento promovido pela Associação Britânica de Literatura Comparada, na Universidade de Londres.


Ele discutiu o autor brasileiro na mesa-redonda que tratou da repercussão de “Dom Quixote” na América Latina. O tema do congresso naquele ano foi a loucura. Após a participação na 126ª Convenção Anual da Associação Americana de Línguas Modernas, Gentil permanece em Los Angeles. Ele foi convidado para ser pesquisador visitante da Universidade da Califórnia (Ucla), onde fica até dia 27 de janeiro.


O professor pretende intensificar sua pesquisa sobre literatura e direito, participando das atividades da Faculdade de Direito e do Departamento de Literatura Comparada. “É algo muito comum nas universidades americanas: oferecer condições para especialistas produtivos darem continuidade às suas pesquisas”. O resultado deste processo resultará na publicação do Dicionário de Expressões Jurídicas da Língua Inglesa, previsto para ser lançado no final de 2011.


O dicionário deve contar com a tradução de cerca de 10 mil verbetes mais usados na terminologia jurídica anglo-americana. A obra será um trabalho coletivo, feito também por 15 alunos da Unesp. “Reuni os melhores alunos para preencher uma lacuna encontrada dentro das publicações”, diz. O trabalho ainda não tem uma editora definida, mas é destinado para magistrados e operadores de direito”, afirma.


Clique e confira a programação de Eventos & Shows em Rio Preto


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso