X

Diário da Região

10/06/2015 - 00h00min

Novela

O que explica o sucesso de 'Os Dez Mandamentos'?

Novela

TV Record/Divulgação/Estadão Conteúdo Guilherme Winter e Camila Rodrigues protagonizam “Os Dez mandamentos”, novela que vem fazendo um sucesso improvável
Guilherme Winter e Camila Rodrigues protagonizam “Os Dez mandamentos”, novela que vem fazendo um sucesso improvável

Uma novela em que os personagens se vestem de uma forma esquisita, usam maquiagem forte, perucas que lembram fantasias e possuem nomes quase impronunciáveis. Junte-se a isso o fato de contar uma história conhecida pelo grande público e que tem acontecimentos espetaculares aos olhos dos mortais como um mar se abrindo para facilitar a fuga de um batalhão de ex-escravos ou pragas aterrorizantes. 

Tudo em nome da libertação de um povo. Diante de tais informações não seria anormal encontrar não apenas uma, mas várias pessoas que apostassem no fracasso da trama no Brasil. Quem apostou, errou. "Os Dez Mandamentos", da Record, é um sucesso. Desde sua estreia, o folhetim oscila entre 12 e 15 pontos de média (cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo), números que a emissora do bispo Edir Macedo não alcançava há tempos. 

Melhor, a trama assinada por Vivian de Oliveira consegue ter uma avaliação muito mais positiva do que a principal trama da Globo, "Babilônia". A novela de Gilberto Braga tem um elenco estelar, temas fortes e atuais e um figurino elogiado e usável. Ainda assim, sofre para chegar nos 25 pontos e conta com a antipatia do público. Sorte da Record? Talvez. Mas o que está agradando tanto na novela bíblica? Seria a temática conservadora? Quem acha isso não está vendo a novela. 

"Os Dez Mandamentos" possui intrigas, assassinatos, traições, cenas picantes, inveja e disputa de poder tanto quanto a trama das nove da Globo. Só falta o casal lésbico. "Sempre tive confiança na novela. Acredito que a novidade aliada à qualidade é que atrai o telespectador. A história está bem desenvolvida pela Vivian e a Record investiu muito. Estamos fazendo agora a captação para gravar a sequência da abertura do Mar Vermelho. Está tudo sendo acompanhado por um dos sócios da produtora de Hollywood que fará os efeitos especiais", conta Alexandre Avancini, diretor do folhetim.

Outras novelas a caminho

Se antes de "Os Dez Mandamentos", a outra novela bíblica da Record, "Josué", era quase uma certeza, agora virou uma obrigação. O segundo folhetim da emissora inspirado na Bíblia nada mais é do que uma continuação de "Os Dez Mandamentos", mas deverá estrear somente no segundo semestre de 2016, após a exibição de "Escrava Mãe". O personagem Josué existe na trama de "Os Dez Mandamentos", pois o hebreu é amigo e sucessor de Moisés. É ele que continua a tarefa de levar o povo judeu para a Terra Prometida. Na novela atual, o personagem é interpretado por Sidney Sampaio. 

Entretanto, ao que tudo indica, a direção da emissora escolherá outro ator para viver o protagonista da novela sobre Josué. Nos bastidores comenta-se que Sidney é muito novo para viver o líder hebreu em uma trama inteira sobre o próprio. Portanto, o folhetim sobre Josué ainda não tem o ator principal nem diretor certo. A direção ficaria com Avancini, mas ele tem outro grande projeto. "Vou rodar o filme sobre Edir Macedo. As filmagens começam bem no período em que se inicia a pré-produção de Josué. Eu adoraria e vou tentar tocar também esse projeto, porém será difícil", explica o diretor. 

Emissora rouba audiência da Globo

O especialista em telenovelas Nilson Xavier lembra que o mérito de explorar um mercado deixado de lado pela Globo não é somente da Record. "'Os Dez Mandamentos' e 'Chiquititas' (SBT) têm audiência praticamente igual(na verdade, 'Chiquititas' tem perdido por uma diferença de um ponto). Ambas souberam explorar nichos diferentes e esquecidos. O público da Record gosta de novelas bíblicas, mas não necessariamente é evangélico. É bem diversificado", opina.

Para Xavier, a Record está evoluindo na execução de suas produções épicas, mas ainda falta muito para chegar a um patamar ideal. "Não gosto da luz, a fotografia do folhetim é muito colorida, o figurino beira à temática carnavalesca e não vejo nada de 'Game of Thrones' na trama. Por outro lado, esses problemas não têm afastado o público, pelo contrário. Até porque o texto não incomoda, é simples e a história é conhecida. E o melhor de tudo: não tem mesmo uma pregação da Universal".

Resposta nas ruas

A atriz Denise Del Vecchio, que vive Joquebede, a sofrida e valente mãe de Moisés, concorda: a organização e o investimento da emissora trazem um alívio para o elenco. No entanto, ela, com 40 anos de televisão, faz uma confissão: "Quando me chamaram para a novela, senti um certo medo. É uma história que envolve uma grande civilização. É algo suntuoso. 

Esse sentimento só passou quando vi o primeiro cenário do Egito, que me assustou pela enormidade. Depois, a vila dos hebreus, que é algo singelo. Foi aí que pensei: Ah, a coisa é para valer. O meu medo era de não ficar bom. Ao receber e ler o primeiro capítulo, pensei: Aqui temos uma boa novela". Antes de Joquebede, a atriz tinha interpretado Lia, a primeira mulher de Jacó, na série "José do Egito", além de ter feito o seriado "Milagres de Jesus". 

"Joquebede é uma mulher de atitude. Corajosa. Não é autopiedosa", diz. Por causa da forte Joquebede, Denise experimentou uma sensação não muito comum. "Fui ao mercado perto de casa e quase não consegui fazer compras. As pessoas me paravam, queriam tirar foto, diziam que a personagem lembrava a mãe ou a avó delas. Achei incrível. Há tempos não ocorria isso comigo. E olha que tenho quase 50 novelas no currículo", comenta.

 

 


 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso