X
X

Diário da Região

27/03/2016 - 00h00min

Consciência na estante

Livros ajudam a entender atual momento político

Consciência na estante

Divulgação Com humor e ironia, escritor Guilherme Fiuza apresenta no livro Que Horas Ela Vai? o que ele define como o diário da agonia da presidente Dilma Roussef
Com humor e ironia, escritor Guilherme Fiuza apresenta no livro Que Horas Ela Vai? o que ele define como o diário da agonia da presidente Dilma Roussef

Em meio à Operação Lava Jato, processo de impeachment e crise econômica, a corrupção na política ganha mais uma vez os holofotes. É em meio ao vai e vem de mudanças no governo e investigações, assunto confuso e até mesmo chato para alguns, que as editoras têm investido em livros que ajudam a entender a política e o momento do País. Lançado recentemente, Que Horas Ela Vai?, de Guilherme Fiuza, é um dos exemplos. Por meio de verbetes em ordem alfabética, o escritor apresenta o que ele define de diário da agonia da presidente Dilma Rousseff.

A obra começou a ser produzida por Fiuza logo depois da reeleição da presidente. “Quando percebi, vi que a operação Lava Jato, ao contrário do que se previa, não iria esfriar, e a combinação do ‘petrolão’ com a crise econômica iria ejetar a presidente antes do fim de seu mandato.” Publicado pela editora Record, o livro faz uma referência clara ao impeachment logo no título. Com o clássico humor sarcástico, Fiuza tem o objetivo de ajudar o público a entender a situação.

“A ironia e o sarcasmo, frequentemente, contêm a abordagem mais inteligente do problema. Espero que o leitor se divirta. Esse governo é uma piada. Só estou ajudando o público a rir dos picaretas que conseguiram por mais de décadas ser levados a sério”, destaca o autor. De modo geral, o livro é a possibilidade de reflexão na opinião de Fiuza. “Ele vai além das percepções de momento, traduzidas pelas imprensa e redes sociais. No caso atual do Brasil, a mitologia dos coitados, que permanecem com o monopólio da bondade por mais poder e fraudes que acumule, deverá ser dissecada pelos livros.”

Fiuza é autor dos best-sellers Meu Nome Não É Johnny (cujo filme foi vencedor do Grande Prêmio de Cinema - melhor roteiro adaptado), Bussunda - A vida do Casseta e Giane - Vida, Arte e Luta. Que Horas Ela Vai? é a segunda obra de Fiuza sobre o governo Dilma. Ele é autor também de Não É a Mamãe: Para Entender a Era Dilma, em que compilou 100 crônicas sobre a governante.

Mais opções

Estado de Crise, escrito por Zygmunt Bauman e Carlo Bordoni, fala sobre como os governos estão cada vez mais impotentes para gerenciar crises e os cidadãos, mais insatisfeitos com os governantes. O título será publicado pela editora Zahar, que em maio lança Protesto: Uma Introdução Cultural do Movimentos Sociais, de James M. Jasper. O autor é professor de sociologia de Universidade de Nova York e especialista nos aspectos culturais e emocionais dos movimentos sociais.

A Nova Razão do Mundo, de Pierre Dardot e Christian Laval, concilia investigação histórica e psicanálise. Da Boitempo, o livro será lançado em abril e fala a entrada na era pós-democrática. Organizada por André Singer e Isabel Loureiro, Desigual e Combinado: Capitalismo e Modernização Periférica no Brasil Século XXI fala sobre os processos de mudança ocorridos a partir da crise de 2008.

A ditadura é eterno tema de livros. A FGV lançou dois volumes de História e Memória das Ditaduras do Século XX. Fugindo dos problemas políticos do Brasil, Correspondente de Guerra: os Perigos da Profissão Que se Tornou Alvo de Terroristas e Exércitos, de Diogo Schelp e Andre Liohn, reúne 30 imagens da cobertura da guerra civil do Líbano.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso