Diário da Região

16/07/2015 - 00h00min

Querida, encolhi o herói

“Homem-Formiga”: da HQ para as salas de Rio Preto

Querida, encolhi o herói

Divulgação Assim como em “Guardiões da Galáxia”, Marvel leva aos cinemas mais um personagem pouco conhecido do público e combina ação com humor
Assim como em “Guardiões da Galáxia”, Marvel leva aos cinemas mais um personagem pouco conhecido do público e combina ação com humor

Nada de super-herói sisudo e fortão ou com poderes vistosos para ostentar. O novo filme baseado em mais uma história em quadrinhos da Marvel reafirma o ditado: tamanho não é documento. Estreia hoje o longa “Homem-Formiga” (Ant-Man). Nele o personagem principal, Scott Lang, tem o poder de encolher ao tamanho de uma formiga, mas com força sobre-humana, para salvar o mundo.

A revista em quadrinhos da Marvel que deu origem ao filme é “Tales to Astonish #27”, que foi lançada em 1962. O personagem é considerado um dos fundadores dos Vingadores, apesar de ser pouco conhecido pelo público, pode ser encontrado no exemplar de estreia da equipe “Avengers #1”, de 1963.

No filme, Paul Rudd dá vida ao mestre dos ladrões Scott Lang, que se tornará o “Homem-Formiga”. O ator teve de aprender algumas acrobacias e se contentar com uma amêndoa por dia para chegar a um abdômen de super-herói. Rudd é conhecido por atuar em comédias como “Ligeiramente Grávidos” e “Bem-Vindo aos 40”.

Depois de sair da prisão e tentar roubar uma casa para pagar a pensão da filha, Lang conhece o doutor Hank Pym, interpretado pelo veterano e famoso Michael Douglas. O cientista é o mentor da partícula Pym, que dará os poderes a Lang e despertará o herói que existe dentro dele. Essa fórmula é roubada por um ex-funcionário de Pym.

Lang e Pym terão de proteger o segredo por trás do traje do “Homem-Formiga” de uma nova geração de grandes ameaças e planejar um roubo para recuperar a fórmula e salvar o mundo.

Temas como paternidade e abandono dão o tom ao relacionamento dos protagonistas. Além de muita aventura, com um pouco de tensão, o filme traz um pouco de humor e sarcasmo. Com 1h57 de duração, o filme tem classificação de 12 anos.

O longa foi rodado em Atlanta e São Francisco. Como todas as produções da Marvel, tecnologias diferentes foram usadas na criação das sequências de ação. A produção investiu em uma pesquisa em macrofotografia de formigas, já que o “Homem-Formiga” também tem o poder de comandar um exército de formigas. A mudança de perspectiva é um dos recursos que devem chamar a atenção do público.

O “Homem-Formiga” encerra a segunda fase cinematográfica do Universo Marvel, logo após o filme “Os Vingadores: A Era de Ultron”.O longa tem a direção de Peyton Reed.
 

Assista abaixo o trailer do filme:

 

 

ANÁLISE

Marvel transforma heróis do segundo escalão em estrelas

Há sete anos, quando a Marvel iniciou seu universo cinematográfico com o  Homem de Ferro, ninguém previa o quão grandioso esse universo se tornaria. Muito menos que o estúdio viraria uma espécie de Midas da adaptação de quadrinhos. Sem ter o direito dos principais personagens da editora, como X-Men e Homem-Aranha, a Marvel transformou heróis do segundo escalão em suas grandes estrelas. Quantos fora do mundo dos quadrinhos realmente conheciam o Homem de Ferro antes de ele ganhar as feições de Robert Downey Jr.? 

Entretanto, nada disso impediu que milhões de pessoas abraçassem essa história e se tornassem fãs. E o que dizer de Guardiões da Galáxia? Nem de segundo escalão esses heróis eram, mas viraram um dos maiores sucessos comerciais e artísticos do estúdio. E quem imaginava que um personagem como o Homem-Formiga algum dia teria um filme só dele? Pois bem, está aí, em cartaz a partir de hoje.

A Marvel descobriu a fórmula mágica, e  sabe como ninguém usar o "hype" construído em torno de seu nome para alavancar  um personagem. E a conexão desse universo contribui para a Marvel ganhar  atenção. Mesmo um personagem que você não conhece ou não se importa passa a ter prioridade em sua lista, já que você não quer perder nenhuma participação especial ou dica do futuro cinematográfico do estúdio. Com tudo isso, a Marvel consegue conquistar a maioria dos fãs e também  o público regular, que nem fazia ideia de quem era o Rocket Racoon, por exemplo. Apesar de alguns tropeços pelo caminho, como Homem de Ferro 2,  pelo menos a diversão é garantida.


:: Beto Carlomagno é jornalista do Diário

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso